Curitiba: Volta às aulas terá reforço em linhas de ônibus e transporte escolar com 50% de ocupação

Curitiba: Volta às aulas terá reforço em linhas de ônibus e transporte escolar com 50% de ocupação

15 de fevereiro de 2021 0 Por Redação Revista do Ônibus

CURITIBA – Além dos cuidados com os protocolos de saúde, a Prefeitura de Curitiba vai reforçar linhas de ônibus para atender a volta às aulas na rede municipal de ensino. A expectativa da Urbanização de Curitiba – Urbs é que entre 2 mil e 3 mil estudantes voltem a utilizar o transporte público a partir do dia 18 de fevereiro.

 Foto: Luiz Costa – Prefeitura de Curitiba – Divulgação

Com isso, 19 linhas terão reforço e todas as linhas Expressas vão funcionar com 100% nos picos da manhã, início e fim de tarde.

Antes da pandemia, o movimento diário de estudantes no transporte público era de cerca de 14 mil por dia. “A rede municipal de ensino representava cerca de 40% desse movimento (5,6 mil). Mas como uma parte desses alunos vai permanecer com aulas remotas, a nossa estimativa é que cerca de até 3 mil voltem a usar os ônibus para se deslocar para as escolas todos os dias”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

A Urbs já monitora diariamente o fluxo de passageiros para fazer reforços quando a demanda supera o esperado. Os ônibus devem circular com 70% de ocupação e a recomendação da Urbs é que os estudantes saiam mais cedo das suas casas para evitar atrasos.

“Estamos vivendo um período de pandemia ainda e aos poucos estabelecendo o retorno das rotinas. Mas é importante manter os cuidados para evitar a contaminação e ainda fazer uma nova programação de horários para se adaptar ao novo normal”, diz Maia Neto. Todas as estações-tubo possuem displays de álcool gel, os terminais têm marcações de distanciamento e termômetros, além de saboneteiras com álcool gel. Sanitizações especiais também seguem sendo realizadas no transporte coletivo. O uso de máscara dentro do ônibus é obrigatório.

Os primeiros dias de aulas, segundo Maia Neto, serão avaliados e se houver necessidade, poderão ser feitas novas adaptações, inclusive para o início do ano letivo na rede estadual, marcada para 1º de março.

Terão reforço as linhas alimentadoras:

778- Cotolengo;
777-Vila Velha;
709-Caiua;
721-Mário Jorge;
629 – Alto Boqueirão;
812-Montana;
815-Reforço Tuiuti;
207-Cabral-Osório;
211- Colina Verde.

Nas linhas expressas, além das que já operam com 100% no horário de pico, passam a operar nesse esquema:
500-Ligeirão Boqueirão;
503-Boqueirão;
602-Circular sul (Anti-Horário);
502-Circular Sul ( Horário) e
603-Pinheirinho.

Também terão reforços as linhas Interbairros:
040-Interbairros IV;
050-Interbairros V;
021-Interbairros II e
022-Interbairros II, além do Linha Direta 700-Pinheirinho/Cabral.

 Foto: Luiz Costa – Prefeitura de Curitiba – Divulgação

Transporte Escolar

Com a volta às aulas presenciais, os operadores de transporte escolar de Curitiba terão que respeitar os protocolos sanitários da covid-19. A Urbs determinou que as vans sigam a determinação da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) e que só possam circular com ocupação máxima de 50%. Anteriormente, esse limite estava em 70%. Ao todo são 937 vans na capital executando esse tipo de serviço

Cartão Estudante

Suspenso durante a pandemia, o cartão do estudante volta a funcionar com a volta às aulas. O passe escolar é um benefício para alunos matriculados em escolas de ensino regular fundamental, médio, técnico ou superior, residentes e estudantes em Curitiba. Aos alunos cadastrados, permite uma redução de 50% no valor da tarifa, com o direito a dois vales diários.

Com informações da Prefeitura de Curitiba