Viação Garcia e Brasil Sul ampliam protocolos de segurança nas viagens

Viação Garcia e Brasil Sul ampliam protocolos de segurança nas viagens

2 de agosto de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

LONDRINA – As viagens realizadas por ônibus da Viação Garcia–Brasil Sul – Grupo GBS, que já contam com o uso de procedimentos que garantem alta segurança na eliminação de vírus, ganham novo protocolo de biossegurança para sanitização interna. Desenvolvida exclusivamente para ônibus, a desinfecção por nanopartículas, aplicada em névoa, é dissipada em todo o interior do veículo com cobertura de 100% das superfícies. O sistema, chamado FIP Onboard, é oferecido pela Marcopolo em parceria com a startup Aurratech.

Foto: Grupo Gracia Brasul Sul – Divulgação

O processo total de aplicação leva menos de 20 minutos e garante proteção por até três dias. A névoa age sem deixar poltronas úmidas, evitando o desconforto dos passageiros, e sem interferir no funcionamento dos equipamentos eletroeletrônicos internos.  A ação sanitizante é imediata na inativação das bactérias e vírus, tornando-a eficiente e efetiva ao combate da Covid-19, e permitindo que o veículo seja utilizado pelos passageiros poucos minutos após a sua aplicação.

A desinfecção interna do ar com aplicação de ozônio, que já vem sendo utilizada pela empresa desde a retomada gradual das operações, continuará sendo realizada nas viagens. A tecnologia foi testada pela Universidade Federal de Santa Catarina com eficácia de 99% na eliminação de vírus. Já a pulverização de quaternário de amônia dentro dos ônibus, também em uso pela empresa como ação desinfetante, amplia a eficácia da sanitização, seguida de limpeza com álcool 70%.

As cortinas de proteção individual entre poltronas, instaladas em todos os serviços da empresa, foi outra inovação do Grupo GBS para proporcionar segurança e privacidade aos passageiros, e são lavadas e esterilizadas a cada viagem. O mesmo acontece com todas as peças de uso dos passageiros como mantas, capa de mantas, fronhas e capas de poltronas que são esterilizadas e embaladas com total segurança.

No embarque, o protocolo inclui distanciamento físico de dois metros com marcações nas plataformas, medição de temperatura dos passageiros, utilização de tapete higiênico com soluções desinfetantes e sanitizantes para limpeza do solado dos sapatos, dispensers internos de álcool em gel e reforço da limpeza dos pontos de contato pós-embarque com álcool 70%.

“Temos convicção que estamos oferecendo aos nossos clientes, durante todo o trajeto, a segurança que precisam para voltarem a viajar de ônibus”, afirma Estefano Boiko Junior, vice-presidente do Grupo GBS.

Com informações do Grupo Garcia Brasil Sul