Vídeo: Transportes Estrela encerra suas atividades na cidade do Rio de Janeiro

Vídeo: Transportes Estrela encerra suas atividades na cidade do Rio de Janeiro

2 de agosto de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – Com 70 anos de existência atuando no transporte coletivo de passageiros na Cidade do Rio de Janeiro, a empresa Transporte Estrela, encerrou suas atividades na noite desta última sexta-feira (31). A empresa operava diversas linhas ligando bairros da Zona norte da cidade, como Madureira, Rocha Miranda, Benfica, Lins de Vasconcelos, Jacaré e Méier.

Muitos passageiros que eram acostumados há utilizar os coletivos da empresa, foram pegos de surpresa já na noite da sexta-feira (31), e manhã deste sábado (1º).

A empresa de ônibus fazia parte dos Consórcios Internorte e Transcarioca, e pertencia ao grupo de empresas ligadas ao empresário Jacob Barata, como informou admiradores de ônibus e ex-funcionários da Transportes Estrela.

Linhas operadas pela Transportes Estrelas no Rio de Janeiro

265 – Marechal Hermes x Castelo – Via Av. Dom Hélder Câmara
SP265 – Marechal Hermes x São Cristóvão – Via Av. Dom Hélder Câmara
311 – Engenheiro Leal x Candelária – Via Del Castilho/ São Cristóvão
349 – Rocha Miranda x Castelo
350 – Irajá x Passeio – Via Praça das Nações
SP350 – Irajá x Candelária – Via Praça das Nações
SR350 – Irajá x Passeio – Rápido
363 – Vila Valqueire x Candelária – Via Dias da Cruz/ UERJ
SV363 – Vila Valqueire x Candelária – Via Rua Dalias/Dias da Cruz/ UERJ
SR363 – Vila Valqueire x Candelária – Via Todos os Santos/Radial Oeste
651 – Méier x Cascadura – Via Lins
652 – Méier x Cascadura – Via Tomaz Coelho
653 – Marechal Hermes x Méier
678 – Vila Valqueire x Méier
711 – Rocha Miranda x Rio Comprido – Via Inhaúma/ Benfica

Até o início da tarde deste sábado (1º), não havia uma definição clara sobre que empresas de ônibus estariam assumindo as linhas da Transportes Estrela, como forma de não deixar os passageiros sem transporte.

Acredita-se que a linha 350 deverá ser incorporada pela Braso Lisboa, enquanto as linhas 678, 265 e 363 vão ser operadas pela Vila Real. Já as coirmãs 651, 652 e 653, além da 711, rodariam pela Alpha.

Rio segue com 15 empresas fechadas desde a criação dos Consórcios

A Criação dos Consórcios que dividiu o município por região e área de atuação, quando houve inclusive a padronização das cores dos ônibus, segue sendo considerado por muitos moradores e passageiros, como um projeto fracassado, já que desde então, mais de dez empresas de ônibus acabaram fechando as portas.

Confira a lista de empresas que fecharam nos últimos anos.

Algarve,
Transportes América,
Andorinha Rio,
Bangu,
Estrela Azul,
Litoral Rio,
Madureira Candelária,
Rio Rotas,
Rubanil,
Santa Maria,
São Silvestre,
Translitoral,
Translitorânea
Transportes Estrela
Via Rio Class.

Vale lembrar que até o final deste ano, a lista de empresas que decretarem falência ainda pode aumenta, já que a cidade ainda vive o drama da pandemia do novo coronavírus, afetando diretamente a receita das empresas de ônibus, que alegam passar por dificuldades, já que há baixa no número de passageiros transportados.

Prefeitura do Rio se manifesta

A Secretaria Municipal de Transportes – SMTR, disse que não foi comunicada oficialmente do fechamento da empresa de ônibus, e que pelo contrato de concessão, o Consórcio Internorte — ao qual pertence a Estrela — deve repor, de outras viações, veículos para as 15 linhas.

Com informações do Ônibus do Rio