BA: Empresa Rosa Feira de Santana retoma operação após anunciar que iria reincidir contrato

BA: Empresa Rosa Feira de Santana retoma operação após anunciar que iria reincidir contrato

11 de maio de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

FEIRA DE SANTANA – Alvo de reclamações de moradores residentes na zona rural de Feira de Santana, após suspender a circulação de ônibus na região, a Empresa Rosa Feira de Santana, retornou a operação na cidade nesta segunda-feira (11), após ter anunciado que iria reincidir o contrato com a prefeitura.

No último dia 5 de maio, a Empresa Rosa Feira de Santana chegou deixar a operação na zona rural da cidade de Feira de Santana, alegando dificuldades financeiras, devido a baixa procura de passageiros, por conta do isolamento social, em meio a pandemia do coronavírus – Covid-19.

Os moradores afetados com a paralisação das linhas da Empresa Rosa Feira de Santana, realizaram no último dia 7 de maio, um protesto em frente a sede da empresa. Na época, a empresa comunicou que, atendendo à notificação da Secretária Municipal de Transportes e Trânsito, restituiria o dinheiro dos créditos tarifários, nas modalidades social e estudante, dos usuários dos distritos de São José, Pé de Serra, Água Grande, Carro Quebrado, Fazenda Morro, Candeia Grossa, Alecrim Miúdo, Jacú, KM13, Matinha, Olhos D’água da Moças, Candeal I, Candeal II e Mantiba.

Um dia depois, já na sexta-feira (8), a empresa comunicou que tomou medidas para rescindir o contrato de concessão da operação com a prefeitura da cidade. No mesmo dia, houve uma reunião entre a prefeitura e as duas empresas de ônibus.

Na ocasião, ficou decidido que não haveria mais a rescisão de contrato e que a empresa São João ficaria responsável pelo transporte dos distritos e também da zona rural, o que ocorre desde a manhã desta segunda.

Através de uma nota, a empresa Rosa Feira de Santana informou “que não levará adiante a proposta de suspensão de contrato com o município de Feira de Santana. Retomamos de imediato, no último sábado (9), as nossas atividades”.

Disse ainda que manterá “o serviço de transporte público na zona urbana, cumprindo todas as linhas de nossa responsabilidade nos bairros da cidade. A cobertura dos serviços em distritos e localidades da zona rural passa a ser de responsabilidade temporária da empresa São João.”

Ainda na nota, a empresa pede desculpas pelos transtornos causados pela necessidade de ordem econômica que enfrenta, e que teriam motivado a suspensão dos serviços.

Com informações da Rosa Feira de Santana, Prefeitura de Feira de Santana e Rede Bahia