Belo Horizonte: Polícia Civil investiga injúria racial feita por motorista

Belo Horizonte: Polícia Civil investiga injúria racial feita por motorista

18 de novembro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE – Um motorista da empresa Coletivos São Lucas que dirigia um ônibus da linha 2103 – Prado x Anchieta, conta que foi chamado de “macaco”. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais, por injúria racial, praticada no bairro Anchieta, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Belo Horizonte: Polícia Civil investiga injúria racial feita por motorista de ônibus - revistadoonibus

A ocorrência foi registrada no último dia 9 de novembro, em que o condutor do ônibus, Caio Silva de Freitas, de 27 anos, informa que foi chamado de “macaco” e de “preto imundo”, quando tentou estacionar um ônibus na Rua Francisco Deslandes, no ponto final da linha 2103.

A Polícia Civil de Minas Gerais informa na manhã desta sexta-feira (18), que diligências investigam o ocorrido e que informações serão repassadas em momento oportuno para não prejudicar o andamento do trabalho.



Belo Horizonte: Polícia Civil investiga injúria racial feita por motorista de ônibus - revistadoonibus

Segundo Caio, a confusão ocorreu quando ele pediu que um homem movesse um carro que estava atrapalhando a manobra de estacionamento em local reservado para os ônibus. No registro da ocorrência, consta que Caio foi obrigado a estacionar o veículo em um local próximo e, ao tentar conversar com o motorista do automóvel, que não teve seu nome revelado, este passou a agredi-lo com uma barra de ferro, danificando um aparelho celular, e voltando a chamá-la de macaco.

“Ele desceu do veículo me xingando, me diminuindo, me agredindo com palavras racistas. Senti muita indignação e sentimento de tristeza por estar sendo inferiorizado em pleno século XXI, o século em que a gente mais luta contra a discriminação e contra o preconceito racial”, contou Caio.

Belo Horizonte: Polícia Civil investiga injúria racial feita por motorista de ônibus - revistadoonibus

Setra BH se manifesta

Por meio de nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte – Setra/BH, informa que lamenta o incidente e afirma que a empresa associada está prestando toda assistência e apoio ao profissional e que aguarda as investigações da Polícia Civil.

Com informações da Polícia Civil de Minas Gerais, TV Globo Minas e Setra BH