SP: Passarela cai e atinge dois ônibus e um veículo na Margina Tietê

SP: Passarela cai e atinge dois ônibus e um veículo na Margina Tietê

14 de novembro de 2019 Off Por revistadoonibus

SÃO PAULO – A saída de São Paulo começou se complicar na noite desta quinta-feira, quando uma passarela acabou desabando na Margina Tietê, nas proximidades da Ponte Comunidade Húngara, no sentido Rodovia dos Bandeirantes. O acidente ocorreu por volta de 19h10 e atingiu três veículos, sendo dois ônibus e um carro. Os ônibus são Viação Lirabus Transportes e outro a Viação Real Maia, em frente ao Tietê Plaza Shopping, localizado na zona norte da cidade.

Foto: Reprodução de TV

De acordo com o Corpo de Bombeiros de São Paulo ao menos duas pessoas ficaram feridas levemente. Os feridos foram encaminhados ao Pronto Socorro de Pirituba. De acordo com o boletim médico, o estado de saúde deles segue estável.

Foto: Reprodução de Rede Social

Após o acidente, as pistas expressa, central e local foram completamente bloqueadas. Por volta das 21h45 a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que liberou duas faixas da esquerda da pista expressa sentido Castelo Branco.

O prefeito Bruno Covas, de acordo com sua assessoria, determinou que o secretário de Segurança Urbana, coronel José Roberto Oliveira, acompanhe e auxilie na liberação das vias junto à CET e o Corpo de Bombeiros.

A passarela é uma estrutura metálica provisória, usada como apoio em uma obra para a construção de uma nova ponte na Marginal Tietê. A ponte, com entrega prevista para o final de 2020, ligaria as regiões de Pirituba e Lapa.

A obra, de acordo com a assessoria de Covas, é de responsabilidade do Consórcio Ligação Viária Lapa-Pirituba, formado pelas empresas EIT e Constran.

Foto: reprodução de grupos de Whatsapp

O ônibus da Lirabus prefixo 11063 saiu do Terminal Tietê às 18h30 com 33 passageiros, e tinha como destino final a cidade de Capivari. O Grupo Belarmino, ao qual a Lira Bus pertence, informou, em nota, que a orientação para os passageiros é de que todos fossem ao Tietê Plaza Shopping e um ônibus reserva tinha sido mandado ao local para pegar os passageiros e continuar a viagem. Não foi informada previsão de horário para que ele chegue ao local.

Saída para o feriado

O desabamento ocorreu em um momento de chuva intensa na capital paulista e no início da saída para o feriado prolongado de 15 de novembro (Proclamação da República). Segundo estimativa da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), cerca de 1,7 milhão de carros deverão circular pelas rodovias do estado nos próximos dias.

Segundo os bombeiros, devido às chuvas em São Paulo, houve cinco desmoronamentos/desabamentos na capital entre às 19h e às 20h20, além de 33 quedas de árvores.

Em nota, a CET informou que “a Marginal Tietê encontra-se totalmente interditada no sentido Castello Branco, após a Ponte Ferroviária Comunidade Húngara, em razão da queda de passarela de serviço para obras da futura ponte de ligação da Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, no trecho entre as pontes Ulisses Guimarães e do Piqueri.

A Engenharia de Campo da CET monitora o trânsito nas imediações e estuda as melhores formas de possibilitar o escoamento do trânsito. A Companhia recomenda aos motoristas que evitem a Marginal Tietê. Essa recomendação já foi passada às concessionárias alertando os motoristas que circulam pelas rodovias e utilizariam a Marginal”, diz o texto.

O Corpo de Bombeiros enviou quatro viaturas e 20 bombeiros para o atendimento.

A Viação Real Maia, ainda não se manifestou até às 22h da noite desta quinta-feira.

Foto: Reprodução de TV

Com informações da Prefeitura de São Paulo, Corpo de Bombeiros e Record TV