ônibus Blog da Redação Cidades Rio Trânsito Viajando de Ônibus violência

Protesto fecha Avenida Brasil e ônibus acaba incendiado no Rio

RIO – O clima ficou tenso no bairro da Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio, na manhã desta terça-feira (3), quando um pedreiro acabou morto a tiros enquanto trabalhava na laje de um imóvel na comunidade, quando iniciou um intenso tiroteio.

Anúncios

De acordo com a Globo News, um homem que se identifica como o dono do estabelecimento, diz que a vítima foi atingida enquanto trabalhava na laje do bar conhecido como Varandão da Gana, onde fazia uma obra.

“Acabaram de matar um trabalhador em cima da minha laje, o cara fazendo a minha laje. O cara trabalhando, cara, o policial atirou. Não tinha ninguém, não tinha ninguém. Policial saiu dando tiro. É impressionante como a gente tá sofrendo aqui na Vila Kennedy”, se desespera o morador, que se identifica como dono do imóvel.

Foto: Reprodução – TV Globo

A Avenida Brasil que corta o bairro acabou sendo bloqueada nos dois sentidos por moradores que realizavam um protesto contra a morte do pedreiro port volta de meio-dia. Antes das 13hs, um ônibus acabou sendo incendiado por alguns homens, o clima ficou ainda mais tenso.

O ônibus foi queimado na pista sentido Centro da Avenida Brasil. Um outro veículo foi incendiado, e a PM utilizou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes. Em nota, a PM informou que, durante a operação, na saída da Avenida Brasil, “criminosos armados atiraram contra os militares. Posteriormente, o comando o batalhão foi informado que um homem estaria ferido. Imediatamente, ele enviou uma equipe ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, para verificar o fato”. A Divisão de Homicídios (DH) foi acionada e está a caminho do local para fazer a perícia. O corpo do pedreiro segue no local.

Foto: Reprodução – Globo News

Às 13h30, os dois sentidos da Avenida Brasil, na altura da comunidade, foram liberados, mas havia retenções ao longo das pistas, como informou o Centro de Operações Rio.

Os moradores acusam policiais militares de terem disparado. De acordo com a corporação, havia uma operação do 14º BPM (Bangu) na comunidade, próximo à saída da Avenida Brasil, quando os agentes foram atacados por criminosos armados.

Logo em seguida, os policiais foram informados de que um homem havia sido ferido. Pela manhã, relatos em redes sociais informavam sobre tiroteio na comunidade.

Agora no período da tarde, polícias do 14º e 41º batalhões, do Batalhão de Choque e do Batalhão de Vias Especiais estão reforçando o policiamento no entorno da Vila Kennedy.

Com informações do Centro de Operações Rio, TV Globo e Globo News