Vídeo: Motoristas e passageiros sofrem na Rodovia Transamazônica

Vídeo: Motoristas e passageiros sofrem na Rodovia Transamazônica

21 de janeiro de 2023 Off Por Redação Revista do Ônibus

ALTAMIRA E URUARÁ – A movimentada BR-230, também conhecida como Rodovia Transamazônica, segue causando transtornos para motoristas e passageiros de ônibus e micro-ônibus que circulam entre Altamira e Uruará.

Vídeo: Motoristas e passageiros sofrem na Rodovia Transamazônica - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Youtube

A região da rodovia no sudoeste do Pará, mais precisamente na altura do km 170, a lama e os buracos, vem tornando a região um atoleiro frequente, o que prejudica a circulação de pessoas e mercadorias que são transportadas por caminhões.

Uma ladeira bastante desafiadora deixa muitos passageiros dos coletivos apreensivos já que o terreno é bastante escorregadio. Os ocupantes dos ônibus e micro-ônibus, precisam desembarcar, pois há risco de acidente e possíveis colisões.



Vídeo: Motoristas e passageiros sofrem na Rodovia Transamazônica - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Youtube

Em alguns casos frequentes, carros, caminhões, ônibus e micro-ônibus ficam atolados e uma fila de veículos se forma na espera da secagem da lama, deixando as viagens intermunicipais ainda mais longas e cansativas.

Há registros de informações de moradores nas redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativos que alguns motoristas pagaram por máquinas particulares para puxar os veículos mais pesados.

Vídeo: Motoristas e passageiros sofrem na Rodovia Transamazônica - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Youtube

Veículos de cooperativas de transporte alternativo de passageiros também ficam impossibilitados de passar e não conseguiram cumprir os horários regulares, causando prejuízo financeiro e reclamação.

De acordo a TV Liberal, já houve registro de motoristas que ficaram 16h para fazer um percurso de 200 km entre Uruará e Altamira – a viagem dura normalmente 4 horas.

Vídeos feitos na região

Vídeo: Motoristas e passageiros sofrem na Rodovia Transamazônica - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Youtube

DNIT se manifesta

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes – Dnit informou que mantém uma equipe técnica e operacional com equipamentos atuando de forma contínua para atender a manutenção em rodovia não pavimentada, assim como as demais demandas que por ventura ocorram no período de chuvas intensas, garantindo a trafegabilidade aos usuários da BR-230.

O DNIT não informou sendo o caso recorrente em todo período chuvoso, se há algum projeto de pavimentação para o trecho.

Com informações do DNIT e TV Liberal