SP: Guarujá anuncia o uso facultativo de máscaras no transporte

SP: Guarujá anuncia o uso facultativo de máscaras no transporte

18 de novembro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

GUARUJÁ – A Prefeitura de Guarujá, no litoral de São Paulo, informa que durante uma reunião realizada na última quarta-feira (16), a administração municipal afirmou sobre o uso facultativo de máscaras no transporte coletivo e o uso obrigatório nos equipamentos de saúde instituições de longa permanência – ILPIs.

SP: Guarujá anuncia o uso facultativo de máscaras no transporte - revistadoonibus

Além disso, o governo municipal informa a importância de manter o ciclo vacinal completo – quatro doses, para os adultos – como melhor estratégia para o enfrentamento ao vírus.

A Prefeitura mantém vigente os decretos municipais 14.850/22 e 15.083/22, publicados no primeiro semestre, que estabelecem o uso facultativo de máscaras no transporte público. A legislação determina ainda a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos e privados destinados à prestação de serviços de saúde, como hospitais, pronto-socorros, clínicas, consultórios e laboratórios.



SP: Guarujá anuncia o uso facultativo de máscaras no transporte - revistadoonibus

As Unidades de Saúde da Família – Usafas, Unidades Básicas de Saúde – UBSs, Unidades de Pronto Atendimento – UPAs, Centros de Atendimento Psicossocial – Caps, Residência Terapêutica, Instituto da Mulher – Casa Rosa e Ambulatório de Referência em Especialidades – ARE também figuram entre os locais onde o uso de proteção facial é obrigatório. 

A medida também é aplicada às Instituições de Longa Permanência de Idosos – ILPIs. Em relação ao transporte público, entende-se os ônibus e micro-ônibus, seus respectivos locais de acesso, embarque e desembarque (terminais de ônibus).

SP: Guarujá anuncia o uso facultativo de máscaras no transporte - revistadoonibus

A Sala de Situação Permanente ponderou a importância de utilização de proteção facial em ambientes fechados, inclusive elevadores. Nestes locais, o uso é facultativo.

Com informações da Prefeitura do Guarujá