Prefeitura do Rio terá que fazer obras de adaptação nas estações do BRT para receber os novos articulados

Prefeitura do Rio terá que fazer obras de adaptação nas estações do BRT para receber os novos articulados

28 de setembro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – A Prefeitura do Rio terá que fazer novas obras de readequação de diversas estações do sistema BRT Rio, após receber o primeiro ônibus articulado de 23 metros, veículo maior dos que já utilizados e que estão em péssimas condições de uso.

Prefeitura do Rio terá que fazer obras de adaptação nas estações do BRT para receber os novos articulados - revistadoonibus

De acordo com a Rádio Band News FM Rio, atualmente, a frota de ônibus articulados do BRT Rio é composta por veículos de 21 metros e com a falta de ônibus desse tamanho, a Prefeitura do Rio, optou por comprar chassis maior.

A Mobi Rio, empresa que administra o BRT RIO, já gastou cerca de R$ 30 milhões em quase dois anos para recuperar 60 estações do BRT que estavam fechadas ou depredadas, terá que usar mais dinheiro público, depois de adquirir cem ônibus articulados de 23 metros.

Na manhã desta última terça-feira (27), a Prefeitura do Rio apresentou o novo ônibus articulado do sistema BRT Rio. O novo coletivo modelo  Marcopolo Torino 2014 Express, equipado com chassi Volvo B340M está com a identidade visual diferente, com tons de amarelo, cinza e preto, cores semelhantes de empresas de ônibus que operam no interior de São Paulo.



Rio: Eduardo Paes apresenta novo ônibus articulado do BRT nesta manhã - revistadoonibus
Foto: Prefeitura do Rio – Divulgação

A compra dos novos ônibus articulados de 23 metros a princípio só operariam no futuro BRT Transbrasil (Caju-Deodoro), que já está sendo construído para receber os articulados novos, já que as estações estão sendo modeladas para receber esse tipo de ônibus. Os demais corredores ganhariam ônibus com 18, 21 e 22 metros, que “encaixam” perfeitamente nas estações existentes.

Os novos ônibus do BRT, possuem chassi Mercedes-Benz e Volvo, ambos equipados com quatro portas, assim como as estações. Porém, os coletivos equipados com chassi Mercedes-Benz de 23 metros têm uma porta traseira em posição mais recuada que os demais modelos. Ou seja, no formato atual das plataformas, não há como desembarcar ou entrar por ali.

BRT RIO recebe novo ônibus Torino Express Volvo B340M - revistadoonibus

A Prefeitura do Rio informou através da Mobi Rio que não há uma previsão de valor para o custo dessas adaptações que precisarão ser feitas nas diversas estações. Atualmente as 60 estações já reformadas receberam melhorias para reduzir e dificultar calotes e depredações. Ao todo, de 120 estações em operação, 90 poderão passar por ajustes.

As estações que deverão passar por adaptações para receber os novos ônibus articulados, assim como o valor dessas obras, não foram informados pela administração de Eduardo Paes até o momento.

Alguns passageiros do sistema, temem que os novos coletivos possam sofrer em poucos meses, atos de vandalismo, deixando o atendimento do serviço ainda pior.

Com informações da Rádio Band News FM Rio