Belo Horizonte: Kalil nega favorecimento às empresas de ônibus em entrevista

Belo Horizonte: Kalil nega favorecimento às empresas de ônibus em entrevista

13 de setembro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE – Em uma entrevista ao jornal O tempo e à Rádio Super 91,7 FM, Alexandre Kalil, que já foi prefeito de Belo Horizonte, negou que houve irregularidades no transporte municipal durante a sua gestão.

Belo Horizonte: Kalil nega favorecimento às empresas de ônibus em entrevista - revistadoonibus

Segundo Kalil, o adiantamento no valor de quase R$ 200 milhões para o vale-transporte, ocorreu após encontros com a participação de representantes do Ministério Público de Minas Gerais – MPMG e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG.

“Isso nunca. O empréstimo, o adiantamento de vale transporte, foi em uma mesa, é muito importante isso, quando decidimos que tinha que subsidiar na pandemia, tinha na mesa o MPMG, o TJMG e a PBH. E apresentamos o que tinha que subsidiar. Saíram para estudar. Esse adiantamento foi dado com um papel, eu tenho a documentação, porque aí fica a verdade contra a mentira”, disse Kalil.



Belo Horizonte: Kalil nega favorecimento às empresas de ônibus em entrevista - revistadoonibus

O ex-prefeito de Belo Horizonte afirmou ainda que o documento do repasse foi assinado tanto pelos órgãos quanto pela prefeitura.

Com informações da Rádio Super 91,7 FM