FlixBus retoma venda de passagens na região sudeste

FlixBus retoma venda de passagens na região sudeste

25 de agosto de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE, RIO E SÃO PAULO – A plataforma de viagens FlixBus que chegou ser impedida pela Justiça de operar linhas fazendo as ligações no trecho Rio x São Paulo, São Paulo x Rio e São Paulo x Belo Horizonte e Belo Horizonte x São Paulo, retomou sua operação nesta quinta-feira (25).

FlixBus retoma venda de passagens na região sudeste - revistadoonibus

A Empresa Gontijo de Transportes, conseguiu uma liminar que passou questionar as autorizações da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, que publicou uma portaria, impedindo diversas empresas de operar alguns trechos, entre elas, a Expresso Adamantina, parceria da FlixBus na região sudeste.

Em sua decisão, o desembargador Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, explicou que em relação ao pedido de liminar concedido para a Empresa Gontijo de Transportes, possui efeito apenas contra a Expresso Nordeste, que estaria tentando concorrer com a Gontijo em alguns trechos, liberando todas as empresas que tiveram suas atividades suspensas anteriormente pela ANTT, para que retomem a suas operações de viagens.



FlixBus retoma venda de passagens na região sudeste - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Internet

Já nesta quinta-feira (25) foi possível localizar viagens no site da Flixbus no trecho São Paulo x Rio de Janeiro, com tarifa a partir de R$ 80, para embarque no Terminal Rodoviário do Tietê em diversos horários.

Aplicativos de viagens como Buser, FlixBus e 4Bus por exemplo, seguem sendo alvo de ações judiciais por diversos empresários do transporte rodoviário de passageiros, que tentam evitar que a nova tendência de mercado entre em conflito com seus interesses, já que em muitos casos, essas plataforma vem caindo no gosto do passageiro pelo excelente atendimento, preço e conforto em relação aos ônibus tradicionais, como informam os próprios passageiros em redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativos.

Com informações da FlixBus