Vídeo: Motorista e aluno brigam dentro de ônibus em Belo Horizonte

Vídeo: Motorista e aluno brigam dentro de ônibus em Belo Horizonte

10 de agosto de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE – Passageiros que estavam a bordo do ônibus da Viação Zurick que faz a linha 202 – Estação Vila Oeste x Nova Cintra, viveram momentos de medo e pânico na tarde da última segunda-feira (8), quando um aluno e o motorista do coletivo entraram em luta corporal.

Foto: Reprodução de Redes Sociais

O fato ocorreu quando o coletivo trafegava no bairro Nova Gameleira, em Belo Horizonte, quando o motorista do ônibus cobrou a passagem de um passageiro estudante que não queria efetuar o pagamento da mesma, e ameaçou o condutor do coletivo.

Uma passageira idosa que estava em um dos bancos preferenciais, assustada com a cena de violência a bordo do coletivo, pulou a catraca e a cena, viralizou nas principais redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativos, como é possível ver mais abaixo.



Vídeo: Motorista e aluno brigam dentro de ônibus em Belo Horizonte - revistadoonibus

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte – Setra/BH, informou que o passageiro é aluno da escola Ordem e Progresso e que, além das agressões, ele ameaçou o motorista. A entidade informou ainda que a Viação Zurick, orienta os motoristas de ônibus a realizar a cobrança da passagem, desde que não haja risco à sua integridade física e moral.

Ainda segundo a entidade que representa as empresas de ônibus, a Viação Zurick vem observando, diariamente, agressões verbais e físicas vindas de alunos da mesma escola do jovem no vídeo. As cenas também foram registradas pelas câmeras de segurança do coletivo. 

Em nota, o Setra BH informou que se solidariza com o motorista, “vítima de um crime covarde, e está envidando todos os esforços para que tal atitude seja punida pelas aplicações do código penal, bem como para que não haja repetição dessa cena criminosa e lamentável”.

Um boletim de ocorrência foi feito na Polícia Civil. 

Com informações de Redes Sociais e Setra/BH