MT: Acidente entre carreta e ônibus em Sorriso pode ter sido provocado por invasão de faixa

MT: Acidente entre carreta e ônibus em Sorriso pode ter sido provocado por invasão de faixa

17 de maio de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

SORRISO – O acidente envolvendo uma carreta que trasportava grãos e um ônibus rodoviário da Expresso Itamarati, modelo Comil Invictus DD, Mercedes-Benz, no fim da manhã desta terça-feira (17), e que deixou 8 mortos e diversos feridos na altura do km 799 da BR-163, na cidade de Sorriso, no interior do Mato Grosso, pode ter sido provocado por uma invasão da faixa, como aponta informações preliminares.

MT: Acidente entre carreta e ônibus em Sorriso pode ter sido provocado por invasão de faixa - revistadoonibus

A Polícia Rodoviária Federal informou que agentes do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso e da Concessionária Rota do Oeste que administra o trecho, atenderam a ocorrência e aos feridos. Um helicóptero da Águia 04 da Base do CIOPAER de Sorriso auxiliou na locomoção das vítimas em estado grave.

A colisão que pegou parte da frente do ônibus e lateral esquerda do ônibus, atingiu principalmente o motorista e passageiros que estavam nas primeiras poltronas do segundo andar e do primeiro piso, no serviço leito.



MT: Acidente entre carreta e ônibus em Sorriso pode ter sido provocado por invasão de faixa - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Youtube

O ônibus fazia a linha Cuiabá x Sinop. O número de feridos no acidente, ainda não foi informado. Agentes do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso e da Polícia Rodoviária Federal também atendem a ocorrência.

De acordo com informações preliminares, a equipe de perícia verifica a possibilidade de uma possível invasão de pista por parte do motorista da Expresso Itamarati, o que somente o laudo do acidente, poderá confirmar as reais causas do acidente.

Vídeo: Acidente entre carreta e ônibus da Itamarati deixa feridos na BR-163 em Sorriso - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Youtube

A região da BR-163 no médio-norte de Mato Grosso é marcada por graves acidentes, de acordo com o chefe da Polícia Rodoviária Federal de Sorriso, Leonardo Ramos. 

“É um trecho extremamente perigoso. Um show de imprudências e desrespeito à sinalização, de excesso de velocidade, e o resultado, infelizmente, é esse. Hoje várias famílias não terão seus filhos, seus maridos e parentes em casa. Infelizmente, aconteceu aquilo para o qual trabalhamos todos os dias para evitar”, declarou.

Segundo a CNT, apenas no ano passado, o número de mortes na BR-163 chegou a 223 no estado. O estudo ainda apontou que, em média, acontecem 41 acidentes com vítimas a cada 100 km de rodovia. Os dados se referem às ocorrências registradas em 2021.

Vídeo: Reprodução de Grupos de Whatsapp

Com informações do Corpo de Bombeiros do Mato GrossoGazeta Digital e Redes Sociais