Belém: Paralisação de rodoviários chega ao fim e ônibus circulam normalmente nesta quinta-feira

Belém: Paralisação de rodoviários chega ao fim e ônibus circulam normalmente nesta quinta-feira

5 de maio de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELÉM – Chegou ao fim a paralisação dos rodoviários que atingiu os municípios de Belém, Ananindeua e Marituba, na Região Metropolitana. Desde as primeiras horas desta quinta-feira (5), os ônibus que operam nessas regiões, voltaram a circular, após a categoria aceitar a proposta dos empresários do transporte.

Belém: Paralisação de rodoviários chega ao fim e ônibus circulam normalmente nesta quinta-feira - revistadoonibus

Uma reunião realizada na noite desta última quarta-feira (4), no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região – TRT/PA, ficou acordado entre empresários do transporte e funcionários 5% de reajuste salarial e previsão de reajuste de 2% de desoneração municipal e de 5% no ICMS do diesel.

O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belém – Sintrobel, Altair Brandão, informou que o reajuste municipal deve ser votado na Câmara Municipal de Belém em até dez dias.



Belém: Paralisação de rodoviários chega ao fim e ônibus circulam normalmente nesta quinta-feira - revistadoonibus

A reunião no TRT contou com a participação e representantes do Ministério Público do Pará, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Dieese, do Sintrobel e do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém – Setransbel.

A Prefeitura de Belém anunciou o reajuste no valor da tarifa dos ônibus municipal que desde o último dia 28 de março, passou de R$ 3,60 para R$ 4, valor abaixo do valor de R$ 5 que foi aprovado pelo Conselho Municipal de Transportes.

Belém: Porta de ônibus da Rio Guamá cai e atinge passageira - revistadoonibus
Foto: Reprodução de TV

Os passageiros seguem reclamando do péssimo estado de conservação de alguns dos ônibus que circulam em Belém. Através das redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativos, os clientes do transporte municipal registram pane, redução no número de ônibus circulando entre outras situações.

Por outro lado, os empresários do transporte municipal de Belém, alegam que a redução no número de passageiros atrelado ao aumento dos combustíveis, assim como a ausência de alternativas de arrecadação, vem atingindo o setor, impedindo com que as empresas possam investir.

Com informações da TV Liberal