Juiz de Fora: Acidente entre carro e ônibus da Expresso União deixa um morto

Juiz de Fora: Acidente entre carro e ônibus da Expresso União deixa um morto

25 de abril de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

JUIZ DE FORA – Uma colisão entre um veículo de passeio e um ônibus rodoviário da Expresso União, modelo Paradiso New G7 1800 DD, equipado com chassi Mercedes-Benz, prefixo 20035 deixou um morto na madrugada deste último domingo (24).

Juiz de Fora: Acidente entre carro e ônibus da Expresso União deixa um morto - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Grupos de Whatsapp

A Polícia Militar de Minas Gerais, informou que o ônibus fazia a linha Montes Claros x Rio de Janeiro e que o acidente ocorreu na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, altura do Bairro São Dimas, em Juiz de Fora. Apesar do impacto, nenhum dos passageiros se feriu.

A mulher, de 50 anos, que era passageira do veículo de passeio, morreu no local. O condutor do carro, um homem de 45 anos, teria invadido a contramão e colidido de frente com ônibus rodoviário. Ambos não tiveram as suas identidades reveladas.

As causas do acidente seguem sendo investigadas.



Juiz de Fora: Acidente entre carro e ônibus da Expresso União deixa um morto - revistadoonibus

Entre os passageiros do ônibus, estava o lutador do UFC, André “Sergipanho” Muniz, que seguia viagem para o Rio de Janeiro, onde treina com a equipe TFT. O lutador passa duas semanas na capital fluminense e retorna para Montes Claros, onde passa uma semana com sua família.

“Foi um susto! Estava dormindo, era por volta de 3h30 e 4h. O ônibus freia e faz um barulho, achamos que tinha batido num buraco ou coisa assim. Se alguém estava sem cinto bateu o rosto, mas eu estava com cinto, foi só o susto do tranco mesmo. Descemos e vimos o acidente, muito feito, muito triste, a mulher quebrou o pescoço na hora. A gente ficou esperando na pista umas três horas até chegar o ônibus de apoio. É mais o susto da situação, mas ninguém do ônibus se feriu gravemente ou coisa assim, graças a Deus”, contou o lutador à reportagem do Canal Combate.

Com informações do Canal Combate e Polícia Militar de Minas Gerais