Viação Itapemirim segue sem operar linhas na Semana Santa, após decisão da ANTT

Viação Itapemirim segue sem operar linhas na Semana Santa, após decisão da ANTT

20 de abril de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BRASÍLIA, RIO E SÃO PAULO – A Viação Itapemirim que pertence ao Grupo Itapemirim, administrado pelo empresário Sidnei Piva de Jesus, segue sem operar linhas interestaduais a partir desta quarta-feira (20), após uma decisão da Agência Nacional de Trasportes Terrestres – ANTT, que suspendeu todas as linhas em operação da empresa em todo o Brasil.

Viação Itapemirim segue sem operar linhas na Semana Santa após decisão da ANTT - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

Nesta mesma data, vence o prazo dada na última segunda-feira (18), pelo juiz João Rodrigues Filho, a 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, para que a empresa de ônibus apresente o aditivo de seu plano de recuperação judicial.

Se Sidnei Piva de Jesus não entregar a documentação, a Viação Itapemirim terá decretada a sua falência. Uma assembleia de credores deveria ser realizada ainda nesta quarta-feira (20), para a deliberação do aditivo que não foi apresentado ainda. Há uma expectativa muito grande para a data de hoje.



Viação Itapemirim segue sem operar linhas na Semana Santa após decisão da ANTT - revistadoonibus

De acordo com a portaria da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, esta é uma medida cautelar, ou seja, a decisão que foi publicada no Diário Oficial da União, é válida até que haja decisão do mérito sobre as irregularidades da situação da empresa e de seus ônibus.

A ANTT informou que a Viação Itapemirim poderá realizar viagens que já foram vendidas por 30 dias a contar a partir desta quarta-feira (20). Depois dos 30 dias, nenhum ônibus poderá mais realizar viagens interestaduais.

Viação Itapemirim segue sem operar linhas na Semana Santa após decisão da ANTT - revistadoonibus

A administração de Sidnei Piva de Jesus vem atravessando diversos problemas como a falta de manutenção adequadas dos ônibus, assim como o pagamento de funcionários, fornecedores e credores da recuperação Judicial do Grupo Itapemirim, que cobras na justiça os pagamento em atrasos.

Recentemente, a ANTT suspendeu a maioria das linhas interestaduais da Viação Itapemirim, mantendo apenas 26 delas em operação que saem do Rio de Janeiro e de São Paulo com destinos as cidades do nordeste como por exemplo Aracaju, Fortaleza e São Luís.

A suspensão das linhas da Itapemirim não afetam a oferta de transporte para o público, segundo a diretora da Associação Brasileira das Empresas de Transporte de Passageiros, Leticia Pineschi.

Viação Itapemirim suspende operação na Rio x Salvador até o dia 2 de abril - revistadoonibus

Nesta última segunda-feira (18), o empresário Sidnei Piva de Jesus que já foi afastado da administração da Viação Itapemirim pela justiça, depois que credores questionares entre outras medidas, o suposto desvio de recursos da Viação Itapemirim para a criação da cia aérea Ita Transportes Aéreos, acabou tendo seus bens bloqueados sob suspeita de dilapidação do patrimônio da Itapemirim.

A Viação Itapemirim segue desde o dia 13 de abril sem presidente, já que o executivo Florisvaldo Hidinik que assumiu o cargo quando Sidnei Piva esteve afastado da administração entregou o posto.

Caso Itapemirim: Juiz determina apreensão de passaporte de Sidnei Piva diz jornal - revistadoonibus

A Itapemirim informou que está adotando as medidas cabíveis e que cumpre rigorosamente todas as normas dos órgãos reguladores, buscando o atendimento de qualidade aos clientes.

Com informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT e Viação Itapemirim