Rodoviários de Teresina encerram a paralisação após 22 dias

Rodoviários de Teresina encerram a paralisação após 22 dias

11 de abril de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

TERESINA – Chegou ao fim a paralisação dos rodoviários de Teresina na noite desta segunda-feira (11), após uma reunião de conciliação realizada na sede do Tribunal Regional do Trabalho – TRT/PI que teve a participação de representantes do Sindicato dos Empregados do Transporte – Sintetro, do Sindicato das empresas de ônibus – Setut e da Superintendência de Trânsito – Strans.

Rodoviários de Teresina encerram a paralisação após 22 dias - revistadoonibus

Os rodoviários aceitaram algumas das propostas apresentadas pelos empresários do transporte, como a garantia que passarão receber um salário fixo mensal. Anteriormente, os funcionários vinha recebendo por cada corrida, ou seja, por cada dia de trabalho, desde o início da pandemia da Covid-19.

Com o acordo, os motoristas de ônibus estarão recebendo o valor do salário de R$ 2 mil, os cobradores com o valor de R$ 1,2 mi e os fiscais o valor de R$ 1,3 mil.



Rodoviários de Teresina encerram a paralisação após 22 dias - revistadoonibus

Durante a reunião de conciliação, os empresário além de garantir o pagamento dos salários em dia também se comprometerem assinar a convenção coletiva dos rodoviários, garantindo com isso alguns dos benefícios que não estavam recebendo há muitos meses, como o auxílio alimentação para cobradores e motoristas.

“Não era o que esperávamos. Está muito abaixo do que nós reivindicamos. A população agora sabe o quanto a gente ganha e deve imaginar o quanto é difícil manter uma casa, a sua família com esse dinheiro… mas pelo menos voltaremos a ter um salário fixo. Vamos voltar, mas somente quando os empresários assinarem a convenção. Tão logo isso aconteça, todos estarão retornando aos seus devidos postos de trabalho”, afirmou o representante do Sintetro durante a reunião.

Com informações do Oito e Meia, Tribunal Regional do Trabalho do Piauí – TRT/PI e TV Clube