Rio: Passageiros da Viação Redentor reclamam da falta de ônibus na zona oeste

Rio: Passageiros da Viação Redentor reclamam da falta de ônibus na zona oeste

9 de abril de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – Os moradores e passageiros de bairros da Taquara e adjacências reclamam que a Viação Redentor vem deixando as linhas 610 e 613 com atrasos e veículos lotados. Os passageiros reclamam ainda que em dia como o de hoje de sol, o ar-condicionado não funciona como deveria.

Rio: Passageiros da Viação Redentor reclamam da falta de ônibus na zona oeste - revistadoonibus

Na linha 611 que faz a ligação Rio Centro x Del Castilho (Nova América), não está com ônibus circulando. Os moradores relataram que o problema vem de alguns meses, porém, com a presença de uma equipe de reportagem da TV Globo, a situação tinha melhorado e que agora faltam ônibus.

Alguns dos passageiros estavam em um dos pontos de ônibus no bairro da Taquara nesta tarde de sábado na espera pelo transporte em mais de uma hora e vinte minutos.



Rio: Passageiros da Viação Redentor reclamam da falta de ônibus na zona oeste - revistadoonibus

SMTR se manifesta

A Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro – SMTR, que é responsável pela fiscalização das linhas municipais, informa que não autorizou a redução da frota da linha 611 e esclarece que o consórcio responsável já acumula 190 autuações aplicadas pelo sistema automático de multas implantado em outubro de 2021. 

A secretaria informa ainda que está trabalhando  para promover mudanças estruturais do sistema, com o objetivo de reformular o atual modelo de gestão e garantir maior transparência financeira e poder regulatório do município; planejamento com dados confiáveis e melhoria dos serviços prestados à população. 

Para isso, a Prefeitura do Rio de Janeiro publicou, no dia 25 de fevereiro, o edital de licitação de concessão da bilhetagem digital do sistema de transporte público coletivo na cidade do Rio de Janeiro. O recebimento das propostas está previsto para o mês de maio. O novo modelo de gestão dará ao município o conhecimento sobre a demanda de passageiros em todas as linhas e também da arrecadação tarifária.

Com informações da Prefeitura do Rio e Redes Sociais