Viação Itapemirim tem várias linhas suspensas e recebe multa pela ANTT

Viação Itapemirim tem várias linhas suspensas e recebe multa pela ANTT

1 de abril de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BRASÍLIA – Depois de não disponibilizar ônibus em vários trechos, como mostramos aqui com exclusividade, a Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, determinou a suspensão de diversas linhas interestaduais da Viação Itapemirim, com exceção de 26 trechos.

Viação Itapemirim tem várias linhas suspensas e recebe multa pela ANTT - revistadoonibus

A determinação é da Superintendência de Fiscalização de Serviços de Transporte Rodoviário de Cargas e Passageiros, contra a empresa de Sidnei Piva de Jesus, publicada nesta sexta-feira (1º), no Diário Oficial. A Viação Itapemirim segue ainda em recuperação judicial e com muitos processos devido ao péssimo atendimento aos clientes e ao processo de recuperação judicial.

A ANTT informa que a empresa do Grupo Itapemirim só poderá voltar operar esses trechos, caso venha cadastrar uma frota de ônibus que sejam compatíveis com as linhas que foram serem reativadas.



Viação Itapemirim tem várias linhas suspensas e recebe multa pela ANTT - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Internet

A medida ainda pode ser revertida pelo Grupo Itapemirim.

Ainda segundo a decisão da ANTT, fica permitido que a transportadora realize viagens já vendidas por até 30 (trinta) dias após a publicação desta Portaria, sem deixar de cumprir o disposto na Lei 11.975/09 e na Resolução ANTT 4.282/14.

Estabelecer a penalidade de multa prevista na Resolução ANTT 233/03, art. 1º, inciso IV, alínea r, para o caso de descumprimento.

Viação Itapemirim tem várias linhas suspensas e recebe multa pela ANTT - revistadoonibus

Confira as linhas que não foram suspensas

I – Juazeiro do Norte/CE-São Paulo/SP, prefixo 03-0065-00;

II – Fortaleza/CE-São Paulo/SP, prefixo 03-0066-00;

III – Timbaúba/PE-Rio de Janeiro/RJ, prefixo 04-0028-00;

IV – Fortaleza/CE-Salvador/BA, prefixo 03-0069-00;

V – Timbaúba/PE-São Paulo/SP, prefixo 04-0027-00;

VI – São Paulo/SP-Teresina/PI, prefixo 08-0090-00;

VII – Serra Talhada/PE-São Paulo/SP, prefixo 04-0032-00;

VIII – Caruaru/PE-Brasília/DF, prefixo 04-0035-00;

IX – São Paulo/SP-Pesqueira/PE, prefixo 08-0091-00;

X – Rio de Janeiro/RJ-Aracaju/SE, prefixo 07-0106-00;

XI – Rio de Janeiro/RJ-Fortaleza/CE, prefixo 07-0107-00;

XII – Rio de Janeiro/RJ-São Luís/MA, prefixo 07-0108-00;

XIII – Rio de Janeiro/RJ-Parnaíba/PI, prefixo 07-0110-00;

XIV – Rio de Janeiro/RJ-Ipu/CE, prefixo 07-0111-00;

XV – Rio de Janeiro/RJ-Belém/PA, prefixo 07-0112-00;

XVI – Rio de Janeiro/RJ-Alagoa Grande/PB, prefixo 07-0114-00;

XVII – São Paulo/SP-Floriano/PI, prefixo 08-0084-00;

XVIII – São Paulo/SP-São Luís/MA, prefixo 08-0085-00;

XIX – São Paulo/SP-Belém/PA, prefixo 08-0086-00;

XX – São Paulo/SP-Canindé/CE, prefixo 08-0089-00;

XXI – São Paulo/SP-Parnaíba/PI, prefixo 08-0093-00;

XXII – São Paulo/SP-Campina Grande/MS, prefixo 08-0095-00;

XXIII – Patos/PB-Rio de Janeiro/RJ, prefixo 13-0018-00;

XXIV – Guarabira/PB-Rio de Janeiro/RJ, prefixo 13-0020-00;

XXV – Guarabira/PB-São Paulo/SP, prefixo 13-0022-00;

XXVI – Campina Grande/PB-Rio de Janeiro/RJ, prefixo 13-0021-00.

Com informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres