Salvador: Paralisação de rodoviários da Região Metropolita deve acabar nesta sexta-feira

Salvador: Paralisação de rodoviários da Região Metropolita deve acabar nesta sexta-feira

17 de março de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

CAMAÇARI, LAURO DE FREITAS E SALVADOR – Uma reunião agendada para ocorrer nesta sexta-feira (18), entre os representantes dos empresários do transporte e os rodoviários, deve definir o fim ou continuidade da paralisação dos ônibus metropolitanos, que se iniciou nesta quinta-feira (17).

Salvador: Paralisação de rodoviários da Região Metropolita deve acabar nesta sexta-feira - revistadoonibus

A paralisação de hoje atingiu cerca de 300 mil moradores das cidades de Candeias, Camaçari, Madre de Deus, Lauro de Freitas, São Francisco do Conde, Simões Filhos e outros municípios, que registraram desde o início da manhã poucos ônibus circulando.

Ao menos sete empresas de ônibus que operam linhas intermunicipais na Região Metropolitana de Salvador estão suspensas por conta da paralisação dos rodoviários que pode durar 24 horas. A categoria reivindica que os funcionários da empresa Bahia Transportes Metropolitanos – BTM, sejam absorvidos por outras empresas de ônibus e o seja feito o pagamento de salários e benefícios que estão em atrasos.



Salvador: Paralisação de rodoviários da Região Metropolita deve acabar nesta sexta-feira - revistadoonibus

“Começamos a nos reunir com a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia – Agerba e estamos avançando nas negociações. Na sexta faremos outra reunião e a depender do resultado informaremos se a paralisação voltará a acontecer ou não”, disse Catarino Fernandes, que é o diretor do Sindicato dos Rodoviários Metropolitanos – Sindimetro.

Os ônibus parados são das empresas Asa Bela, Avanço, Costa Verde, Nova Aviação, Atlântico Transporte e Expresso Luxo Vitória, afetando milhares de passageiros nesta quinta-feira.

Salvador: Paralisação de rodoviários da Região Metropolita deve acabar nesta sexta-feira - revistadoonibus

Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da
Bahia – Agerba
, informou que segue mantendo o diálogo aberto com as empresas bem como com o sindicado dos trabalhadores do sistema rodoviário metropolitano. No entanto, diz não ter havido prévio aviso sobre a paralisação.

De acordo com fontes, diretores da Agerba se reúnem para elaborar um plano emergencial, com o intuito de reduzir os danos causados aos passageiros nesta manhã.

Com informações da Agerba TV Bahia