Viação Util pode perder passageiros ao adotar separação de serviços em seus ônibus

Viação Util pode perder passageiros ao adotar separação de serviços em seus ônibus

7 de março de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE, RIO E SÃO PAULO – A Viação Util, que é controlada pelo Grupo Guanabara, renovou boa parte de sua frota no quarto trimestres de 2021, incorporando modernos ônibus do modelo Paradiso New G7 1800 DD, equipados com chassi Mercedes-Benz, proporcionando mais conforto no serviço semi-leito, após a empresa reduzir o número de poltronas a bordo, apenas no segundo andar.

Viação Util pode perder passageiros ao adotar separação de serviços em seus ônibus - revistadoonibus
Foto: Mapa Viação Util para sexta-feira 11/3/2022 no portal ClickBus – Reprodução de Internet

Nos primeiros meses deste ano de 2022, muitos clientes da empresa de ônibus, relatam que a direção do Grupo Guanabara, vem adotando a separação de serviços com valores diferentes para a compra de passagens no mesmo horário e no mesmo serviço, o que não vem agradando parte de seus clientes.

No serviço leito que é disponibilizados nos ônibus double decks, no primeiro piso, é possível notar que das 12 poltronas, as empresas do Grupo Guanabara seguem separando a venda de 8 poltronas com um valor e outras as outras 4 poltronas individuais com valor acima do praticado das demais. Vale lembrar que as poltronas individuais, são dos mesmo modelos das demais no primeiro piso.


Viação Util pode perder passageiros ao adotar separação de serviços em seus ônibus - revistadoonibus

A prática pode fazer com que muitos clientes passem usar ônibus de outras empresas, onde há concorrência direta, como acontece por exemplo nos trechos Rio x Belo Horizonte e Belo Horizonte x Rio, assim como na linha Rio x São José dos Campos e São José dos Campos x Rio, que é operada pela Viação Sampaio, que também é administrada pelo Grupo Guanabara que administra a Viação Util.

Vale lembrar que as demais empresas de ônibus e aplicativos de viagens não adotam essa prática e vem conquistando ainda mais clientes como notamos nos últimos meses.


Viação Util pode perder passageiros ao adotar separação de serviços em seus ônibus - revistadoonibus

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, informa que a Resolução nº 4.770/15 trouxe, em seu artigo. 54, a liberdade tarifária, porém, o documento, não deixa claro a prática de dividir o mesmo serviço prestado com dois valores de tarifas praticadas, como vem ocorrendo com os ônibus do Grupo Guanabara.

A Viação Util que é controlada pelo Grupo Guanabara, ainda não se manifestou sobre qual o motivo passou dividir a venda de passagens no mesmo serviço com valores diferente, sendo que as poltronas são as mesmas, até a publicação desta reportagem.


Viação Util pode perder passageiros ao adotar separação de serviços em seus ônibus - revistadoonibus

Com informações da ANTT e Clickbus