Porto Alegre: Ônibus do Grêmio passa por manutenção após ser apedrejado

Porto Alegre: Ônibus do Grêmio passa por manutenção após ser apedrejado

1 de março de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

PORTO ALEGRE – O ônibus rodoviário, modelo Paradiso G7 1200, equipado com chassi Volks 18-320 EOT, do Grêmio que foi apedrejado no último sábado (26), quando o coletivo chegava ao estádio do Beira-Rio, para a partida do Gre-Nal, passou por manutenção na tarde desta última segunda-feira (28).

Porto Alegre: Ônibus do Grêmio passa por manutenção após ser apedrejado - revistadoonibus

Todas as janelas que foram danificadas pelas pedradas, já foram trocadas pela fabricante do ônibus, faltando agora a plotagem para que o coletivo, possa ter a identidade visual deslumbrante, como as vista antes do incidente em Porto Alegre.

Durante o ataque ao coletivo, o volante Villasanti foi atingido e chegou a desmaiar. Ele foi encaminhado ao Hospital Moinhos de Vento, e recebeu alta. Thiago Santos e Campaz foram atingidos por estilhaços. A ocorrência resultou no adiamento do jogo. 


Vídeo: Grêmio divulga imagens do ataque ao ônibus com pedras antes do Gre-Nal - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

O ato de vandalismo, acabou cancelando o jogo do Gre-Nal 435 e foi remarcado para o dia 9 de março pela 9ª rodada do Gauchão, acontece no Beira-Rio, às 19h. 

O comandante do Comando de Policiamento da Capital – CPC, coronel Fernando Gralha Nunes, avaliou o ataque ao ônibus do Grêmio na chegada ao Beira-Rio para o clássico Gre-Nal, na tarde deste sábado (26), como uma “atitude isolada”. De acordo com o coronel Fernando Gralha Nunes, o caso não foi planejado.

“Essa ação, ao que tudo indica, não foi programada. Foi uma atitude isolada, específica. Não tínhamos notícia de algum atentado previsto, programado”, relatou em entrevista à Rádio Gaúcha, destacando que a inteligência da Brigada Militar monitora os grupos de torcedores com históricos de incidentes.


Com informações do Grêmio , Correio do Povo e Rádio Gaúcha