DETRO Autoriza reajuste na tarifa dos ônibus intermunicipais para 1º de março

DETRO Autoriza reajuste na tarifa dos ônibus intermunicipais para 1º de março

26 de fevereiro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – Os moradores do Estado do Rio de Janeiro, que realizam viagens intermunicipais, estarão pagando mais caro para embarcar nos ônibus a partir da próxima terça-feira (1º). Nesta última sexta-feira (25), o  Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro – DETRO publicou uma portaria anunciando reajustes no transporte.

DETRO Autoriza reajuste na tarifa dos ônibus intermunicipais para 1º de março - revistadoonibus

De acordo com o DETRO/RJ, o reajuste nas tarifas dos ônibus intermunicipais seriam reajustadas da seguinte forma: 18,51% para ônibus entre municípios da Região Metropolitana; 11,13% para serviços urbanos não metropolitanos; e 7,74% para ônibus rodoviários não metropolitanos. Mas por conta da crise econômica, o governo do estado determinou um reajuste menor para não pesar no bolso dos passageiros.

Com a determinação do Governo do Estado do Rio de Janeiro, o valor da tarifa dos ônibus intermunicipais ficarão em 10% para ônibus que circulam pela Região Metropolitana; 6% para ônibus urbanos não metropolitanos; 4,18% para ônibus rodoviários não metropolitanos.


DETRO Autoriza reajuste na tarifa dos ônibus intermunicipais para 1º de março - revistadoonibus
DETRO Autoriza reajuste na tarifa dos ônibus intermunicipais para 1º de março - revistadoonibus

De acordo com a metodologia do Geipot, são considerados no cálculo os preços dos insumos e os indicadores operacionais (tipo de veículo, região por onde circula, quilometragem, média de passageiros transportados, entre outros).

Dessa forma, o Detro-RJ esclarece que o reajuste se fez necessário, uma vez que a última atualização ocorreu há mais de três anos, em fevereiro de 2019. No período, houve sucessivos aumentos dos insumos que incidem sobre a prestação dos serviços de transporte coletivo intermunicipal, entre eles, o preço dos combustíveis.

Com informações do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro – DETRO