PA: Paralisação de funcionários da Transcap segue pelo segundo dia em Benevides e Santa Bárbara

PA: Paralisação de funcionários da Transcap segue pelo segundo dia em Benevides e Santa Bárbara

25 de janeiro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BENEVIDES E SANTA BÁRBARA – A paralisação das atividades dos funcionários da empresa Transcap, que opera linhas nos municípios de Benevides e Santa Bárbara, na Região Metropolitana de Belém, segue no segundo dia, prejudicando milhares de passageiros que precisam se locomover através dos ônibus.

PA: Paralisação de funcionários da Transcap segue pelo segundo dia em Benevides e Santa Bárbara - revistadoonibus

Os funcionários afirmam que reivindicam o pagamento de salários e benefícios que estão atrasados e pela melhoria na frota com ônibus com mais qualidade. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Pará – Sttrepa, segue tentando mediar as negociações entre os funcionários e a direção da empresa de ônibus.

Ainda segundo o Sttrepa, os funcionários da empresa Transcap estão há três meses de salários atrasados, com dois meses de tíquete alimentação não pagos, pendências no 13º salário de 2021 e irregularidade no pagamento de férias. Atualmente, apenas o transporte alternativo segue operando nas cidades.


PA: Paralisação de funcionários da Transcap segue pelo segundo dia em Benevides e Santa Bárbara - revistadoonibus

Em nota, a Prefeitura Municipal de Benevides, informou que “não foi informada oficialmente da paralisação do serviço da empresa citada.  Fiscais de transporte municipais identificaram o déficit na oferta do serviço da referida empresa na qual foi notificada, a mesma tem 48 horas legais para se manifestar”.  A prefeitura da cidade ressalta que “a outra empresa que também oferta o serviço de transporte no município, segue em operação, diminuindo os impactos para a população”.


Possível paralisação na empresa Monte Cristo

Além dos funcionários da Transcap, os rodoviários da empresa Monte Cristo já sinalizaram para uma possível paralisação, uma vez que o pagamento de remunerações segue em atrasos. O sindicato dos trabalhadores deu um prazo de até 48 horas para regularização dos pagamentos ou novamente os funcionários vão suspender as atividades.

Com informações de O Liberal, Prefeitura de Benevides e Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Pará – Sttrepa