Vídeo: Chuva afeta o transporte no Rio de Janeiro e deixa estação do BRT ilhada

Vídeo: Chuva afeta o transporte no Rio de Janeiro e deixa estação do BRT ilhada

11 de janeiro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – A forte chuva que caiu na cidade do Rio de Janeiro na tarde desta terça-feira (11), mostrou que o governo de Eduardo Paes precisa rever muitos conceitos. Diversos bairros da Zona Norte, Zona Sul, Centro e Zona Oeste do Rio de Janeiro, sofreram com alagamentos e deslizamentos. No bairro de Vicente de Carvalho, na Zona Norte, a estação do BRT Vila Kosmos ficou ilhada devido a água que invadiu o corredor expresso.

Vídeo: Chuva afeta o transporte no Rio de Janeiro e deixa estação do BRT ilhada - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

Vale ressaltar que, entre 16h30 e 17h30, choveu intensamente também em locais como Ilha do Governador, Irajá, Madureira, Méier, Piedade, São Cristóvão, Tijuca, entre outros. Na Zona Sul, por sua vez, o Jardim Botânico foi um dos bairros mais castigados.

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, seguem em alerta desde o último sábado (8), quando houve muita chuva na cidade. A corporação que atende em todo o estado fluminense, seguem em parceria com a Defesa Civil Estadual, monitorando todo o estado e dando suporte necessários nas ações.


Vídeo: Chuva afeta o transporte no Rio de Janeiro e deixa estação do BRT ilhada - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

A Avenida Brasil, que é a principal via expressa que liga a Zona Oeste, Zona Norte, as cidades da Baixada Fluminense até o centro do Rio de janeiro, apresentou diversos pontos de alagamento, impedindo até veículos mais altos como caminhões e ônibus circularem.

No bairro da Penha, na Zona Norte do Rio, um carro ficou boiando e um ônibus ilhado sem poder seguir viagem.

Além da cidade do Rio de Janeiro, cidades da Baixada Fluminense, também registraram alagamento na tarde de hoje, como em Duque de Caxias, São João de Meriti e Nova Iguaçu.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, informou que além do Rio de Janeiro, outros municípios seguem sendo afetados pelas chuvas como Cantagalo, Cordeiro e Macuco. Trajano de Morais, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Itaocara e São Fidélis que também merecem atenção.

O número de desalojados é de cerca de 2900, enquanto os desabrigados contabilizam 500 em todo o estado, segundo os dados da Sedec-RJ.



Com informações de Redes Sociais