Buser, Cometa e Util não comentam sobre interdição da BR-040 em Nova Lima e sobre suas viagens

Buser, Cometa e Util não comentam sobre interdição da BR-040 em Nova Lima e sobre suas viagens

8 de janeiro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE E RIO – Os passageiros que precisam embarcar no trecho Belo Horizonte x Rio e Rio x Belo Horizonte, estão desde o meio dia, sem informações atualizada, sobre com será feita a operação interestadual de passageiros, já que desde o fim da manhã deste sábado (8), houve a interdição total da BR-040, na altura do município de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, devido ao transbordamento de um dique na região.

Buser Cometa e Util não comentam sobre interdição da BR-040 em Nova Lima e suas viagens - revistadoonibus

Os Aplicativos Buser e WeMobi, este último pertencente ao Grupo JCA, que ainda controla a Viação Cometa que também operam o trecho, ainda não se manifestaram sobre que ações estão tomando para minimizar os transtornos causados devido ao fechamento da rodovia. O mesmo ocorre com a Viação Util, que desde o início da tarde deste sábado foram acionados para dar explicações aos clientes, e até às 19h de hoje, ainda não tinham se manifestado sobre o assunto, seja por e-mail, ou através de suas plataformas de redes sociais.

Muitos clientes que possuem viagens agendadas para esta noite e início da manhã deste domingo (9), informaram que ainda não receberam nenhuma posição das empresas de ônibus ou dos aplicativos que operam ambos os trechos.


Buser Cometa e Util não comentam sobre interdição da BR-040 em Nova Lima e suas viagens - revistadoonibus

De acordo com o governo de Minas Gerais, a rodovia federal só poderá ser liberada quando houver garantia de estabilidade do dique que apresentou problemas. Ainda há risco de novas deslizamento de rejeitos e água com barro e entulhos na região, uma vez que ainda chove na cidade.

“Está sendo feita uma avaliação da condição de estabilidade desse dique e só depois que for confirmada a sua estabilidade é que vai ser possível iniciar o processo de limpeza e desobstrução da rodovia. Neste momento, há uma equipe avaliando todas as estruturas da área e só depois da garantia de estabilidade será liberado o trabalho na rodovia”, afirmou o presidente da Fundação Estadual de Meio Ambiente, Renato Brandão

MG: Concessionária Via 040 diz que não há previsão de liberação da pista após transbordamento da Vallourec - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

Agentes da Agência Nacional de Mineração, da Fundação Estadual do Meio Ambiente e da Vallourec, seguiam ainda nesta tarde de sábado, realizando uma avaliação técnica sobre as reais condições do dique que acabou transbordando.

Polícia Rodoviária Federal, informou que a chuva segue caindo na região e que ainda há água passando sobre o dique, porém, não há mais alagamentos na rodovia, que permanece fechada nos dois sentidos.

MG: Concessionária Via 040 diz que não há previsão de liberação da pista após transbordamento da Vallourec - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, informou que uma pessoa acabou sendo arrastada pela águas e teve ferimentos leves e já teria sido atendida pela corporação.

O governo de Minas acrescentou que a barragem da Vallourec tem a estabilidade garantida e não havia questionamento sobre a garantia da estabilidade da estrutura da barragem antes do evento de hoje. O Estado tem acompanhado o trabalho de descaracterização de 54 barragens a montante no Estado, que têm prazo para serem descaracterizadas até 25 de fevereiro.

Ainda não há informações sobre os danos ambientais provocados pelo transbordamento do material na BR-040.


Com informações da Concessionária Via 040Governo do Estado de Minas Gerais e Polícia Rodoviária Federal