RJ: DETRO aplicou 2.422 notificações em 2021

RJ: DETRO aplicou 2.422 notificações em 2021

5 de janeiro de 2022 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – O Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro – Detro/RJ informou na tarde desta última terça-feira (4), que encerrou o ano de 2021 com 2.422 notificações aplicadas. Estas foram as infrações registradas nas fiscalizações em ônibus e vans intermunicipais, além do combate aos veículos flagrados realizando transporte remunerado sem autorização do poder concedente. Os ônibus intermunicipais lideraram as autuações com 1.248 multas aplicadas.

RJ: DETRO aplicou 2.422 notificações em 2021 - revistadoonibus
Foto: Divulgação – DETRO/RJ

Além dos coletivos, os fiscais autuaram 412 vans intermunicipais e ainda flagraram 762 veículos realizando transporte ilegal. O objetivo das operações é melhorar a qualidade e garantir a segurança nas viagens intermunicipais. As cidades que mais registraram notificações foram: Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Niterói, Itaboraí, Mangaratiba, São Pedro da Aldeia, Casimiro de Abreu e Campos dos Goytacazes.

Entre os principais motivos das autuações nos coletivos estão: falta de documentação de porte obrigatório, mau estado de conservação, horário irregular, paralisação de linha, além de problemas referentes à acessibilidade. Já entre as vans intermunicipais, as notificações foram referentes a: excesso de passageiros, embarque fora do ponto, desvio de itinerário e documentação irregular.

O órgão, porém, não divulgou a lista das empresas multadas e os valores das multas que foram aplicadas.



RJ: DETRO aplicou 2.422 notificações em 2021 - revistadoonibus
Foto: Divulgação – DETRO/RJ

Além das ações de inteligência, as denúncias dos usuários, recebidas por meio da Ouvidoria do Detro-RJ, são fundamentais para nortear as operações. Os cidadãos podem entrar em contato pelos seguintes canais: telefone (21) 3883-4141, e-mail – ouvidoria@detro.rj.gov.br ou pelo WhatsApp Fale Detro-RJ (21) 98596-8545.



Com informações do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro – Detro/RJ