FlixBus segue com reclamações de passageiros por viagens canceladas

FlixBus segue com reclamações de passageiros por viagens canceladas

27 de dezembro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO E SÃO PAULO – Os passageiros que estão utilizando a plataforma FlixBus que estreou seus serviços no início do mês de dezembro, onde ofereceu inclusive passagens promocionais com valor de R$ 0,20, em uma promoção de estréia, segue recebendo reclamações de passageiros por estar cancelando viagens e remarcar novos horários. Na semana da estréia, inclusive um ônibus da Expresso Adamantina que está a disposição da FlixBus, apresentou problemas na Rodovia Presidente Dutra, como é possível ver em um vídeo mais abaixo.

Foto: Ônibus da Expresso Adamantina quebrado na Rodovia Presidente Dutra no início de dezembro – Reprodução de Youtube

.

Na semana passada, mostramos que muitos clientes da plataforma de viagens FlixBus, segue sendo alvo de reclamações de seus clientes que adquiriram passagens rodoviárias no trecho Rio x São Paulo e São Paulo x Rio, já que muitos desses clientes, acabaram tendo suas reservas canceladas e horários remarcados desde o dia 19 de dezembro. Vale lembrar que a empresa disponibilizou voucher para a remarcação das passagens através de seu site.

Uma viagem feita recentemente pela jornalista e passageira Cíntia, que é responsável pelo Projeto Rota de Sonhos, mostrou que a FlixBus e a Expresso Adamantina, precisam estar atentas aos problemas e evitar que a frustração de clientes, não se torne uma ação negativa e com isso, acabem perdendo passageiros para aplicativos concorrentes como Aguia FlexBuser e Wemobi, por exemplo.



Vídeo: Cancelamento de viagens pela FlixBus causa transtorno para clientes na Rio x São Paulo x Rio - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

.

A viagem da criadora de conteúdo do canal Rota de Sonhos acabou de forma inesperada, quando a cliente da Flixbus, precisou adquirir uma nova passagem de ônibus para o Rio de Janeiro, uma vez que a plataforma FlixBus remarcou seu retorno fora do horário programado. Ainda de acordo com o canal Rota de Sonhos, a plataforma de viagens ofereceu o reembolso do valor da passagem comprada para o retorno a capital fluminense. Confira a experiência de viagem com a FlixBus.

.

Vídeo: Cancelamento de viagens pela FlixBus causa transtorno para clientes na Rio x São Paulo x Rio - revistadoonibus

FlixBus começa remarcar passagens promocionais e é alvo de reclamações

Desde o último dia 20 de dezembro, muitos clientes informam que comprar o serviço Leito nos ônibus FlixBus, que possui 12 poltronas no primeiro piso e 48 poltronas no segundo andar atendendo o serviço semi-leito e que tiveram sua reserva cancelada, ao tentar remarcar a viagem, esses clientes notaram que não é possível mais viajar no serviço leito, mesmo a Flixbus disponibilizar o voucher de R$ 20, valor pago pelos clientes para marcar a poltronas do serviço leito.

Veja algumas das reclamações dos clientes

.

FlixBus oferece passagem na Rio x São Paulo por R$ 119,99 nesta quinta-feira 23

A plataforma de viagens FlixBus, seguiu oferecendo passagens na noite da última quinta-feira (23), véspera da véspera do natal. Os dois últimos horários daquele dia saíram da Rodoviária do Rio, também conhecida como Rodoviária Novo Rio algumas vagas. Vale lembrar aos passageiros de primeira viagem que o horário das 23h, é oferecido apenas o serviço semi-leito, com 16 poltronas no primeiro piso e 48 no segundo andar.

Já o horário que foi disponibilizado às 23h30, o passageiro contou com um ônibus double service, com 12 poltronas leito no primeiro piso e outras 48 poltronas semi-leito no segundo andar. Ambos os horários seguem sendo oferecidos a tarifa de R$ 119,99, para o serviço semi-leito. O passageiro pode optar em marcar a poltronas leito pagando uma tarifa de R$ 20.

Para a sexta-feira (24), véspera de Natal, a FlixBus passou oferecer passagens no valor de R$ 19,90 nos horários de 16h45 e 23h.

A FlixBus ainda não se manifestou sobre o problema do ônibus que quebrou e nem sobre as recentes reclamações dos passageiros.

Com informações de Redes Sociais