Grupo Itapemirim não consegue realocar clientes em voos regulares e passa oferecer viagens de ônibus

BRASÍLIA, BELO HORIZONTE, RIO E SÃO PAULO – A crise no Grupo Itapemirim que se intensificou com a suspensão das atividades de sua cia área, a Itapemirim Transportes Aéreos, também conhecida como Ita Transportes, que não chegou completar seis meses de operação, já que na última sexta-feira (17), acabou tendo o certificado de operador aéreo suspenso pela Agência Nacional de Transportes Aéreos – ANAC, depois que não conseguiu honrar os pagamentos de funcionários e fornecedores, deve avançar até o mês de janeiro de 2022.

Grupo Itapemirim não consegue realocar clientes em voos regulares e passa oferecer viagens de ônibus - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Internet

.

Com poucos dias das festas de Natal e Réveillon e com voos lotados nas cias aéreas Azul, Gol e Latam, o Grupo Itapemirim está tendo dificuldades para realocar todos os clientes que compraram passagem com a Ita Transportes. Nesta terça-feira (21), a cia aérea de Sidnei Piva de Jesus, informou que apenas os clientes que já voaram com a empresa e seguem fora de seus domicílios serão reacomodados para que possam retornar aos seus destinos de origem. Os demais clientes, terão que solicitar o reembolso através do site da Ita Transportes.

No site da Ita Transportes, uma nota divulgada pela empresa e que também segue sendo distribuída através das principais redes sociais da empresa aérea do Grupo Itapemirim, que a suspensão da operação aérea irá impactar 45.887 passageiros até o fim deste mês, e que desde o dia 18 de dezembro a empresa afirma ter atendido 24.995 viajantes.

No entanto, a Anac vem acompanhando a execução das determinações feitas à ITA para assistência aos clientes quanto à reacomodação e ao reembolso e os números contradizem dados da companhia

A empresa vem sendo solicitada para repassar para a Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANAC, informações sobre os voos realizados, já que segundo a agência, os dados atualizados, até a data da suspensão de suas atividades em todo o Brasil, não tinham sido enviados para a ANAC.



Grupo Itapemirim não consegue realocar clientes em voos regulares e passa oferecer viagens de ônibus - revistadoonibus

.

Os passageiros que possuem viagem agendada pela Ita Transportes, precisam solicitar o reembolso através do site que passou adotar um link novo, para atender de forma mais rápida, os clientes que não poderão mais voar pela cia aérea.

O Grupo Itapemirim, informa que todos os pedidos dos seus clientes estarão sendo tratados de forma individual com um prazo de pagamento de até 30 dias e que devido a dificuldade encontrada para realocar os passageiros em outros voos que já estão lotados, está oferecendo aos passageiros viagens a bordo dos ônibus da Viação Itapemirim.

Grupo Itapemirim não consegue realocar clientes em voos regulares e passa oferecer viagens de ônibus - revistadoonibus

.

Vale lembrar que a reacomodação em outros voos ou trecho rodoviário fica restrita a passageiros que estejam fora de seu domicílio e que também já tenham viajado antes com a ITA. Esses viajantes devem contatar a empresa para serem reacomodados e voltarem a seus destinos de origem. Já os demais clientes com voos previstos a partir desta terça-feira não terão reacomodação, “serão atendidos exclusivamente com o reembolso integral dos valores pagos”.

Com informações da ANAC, CNN Brasil e Grupo Itapemirim


Acompanha mais notícias sobre o Grupo Itapemirim



%d blogueiros gostam disto: