Belo Horizonte: Empresários pedem na Justiça que 100% da frota circule nesta quinta

Belo Horizonte: Empresários pedem na Justiça que 100% da frota circule nesta quinta

1 de dezembro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE – Para evitar um prejuízo ainda maior e piorar a crise no transporte municipal de Belo Horizonte, o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Belo Horizonte – Setra, informou na noite desta quarta-feira (1º), que já teria acionado a Justiça, onde solicita que 100% da frota dos ônibus municipais circule nesta quinta-feira (2), data que foi anunciada pelos rodoviários a paralisação do transporte.

Belo Horizonte: Empresários pedem na Justiça que 100% da frota circule nesta quinta - revistadoonibus

Os empresários do setor questionam a decisão dos rodoviários de recusarem a proposta de reajuste e com isso iniciarem uma paralisação na capital mineira. Nos bastidores, o que se comenta é que seguirá difícil o entendimento, já que alguns donos de empresas, não estão em condições de oferecer o que os funcionários estão pedindo.

O Setra solicitou ao Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais, que mediou a conversa entre empresários e rodoviários, para que os ônibus não parem nesta quinta-feira, sob pena de multa. Apesar disso, ainda não houve uma decisão.

Belo Horizonte: Empresários pedem na Justiça que 100% da frota circule nesta quinta - revistadoonibus

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Belo Horizonte – STTRBH, informou que a partir das primeiras horas da madrugada desta quinta-feira (2), os funcionários das empresas de ônibus que operam linhas municipais em Belo Horizonte estarão paralisando as atividades. A entidade informou que mesmo com a paralisação, 60% da frota de ônibus estará em circulação.

Segundo o sindicato dos trabalhadores, como os motoristas não recebem reajustes há dois anos, além dos 9% oferecidos, seriam necessários outros 8% referentes ao acumulado de 2021 do INPC (Índice Nacional de Preços no Consumidor). Eles também afirmam que nem todas as demandas relacionadas aos benefícios foram atendidas.

Rodoviários de Belo Horizonte confirmam paralisação para esta quinta-feira (2) - revistadoonibus

Setra-BH se manifesta sobre a paralisação

“O SetraBH informa que, mesmo diante do absoluto esgotamento financeiro das empresas de transporte da capital e da impossibilidade de arcarem com qualquer acréscimo de custos do sistema, foi apresentada aos rodoviários, com o objetivo de cessar o movimento grevista e não prejudicar a população da capital, uma proposta de reajuste salarial de 9%, além de correção no auxílio alimentação no mesmo índice, dentre outras reivindicações da categoria.
 
Além da proposta apresentada ser satisfatória aos pleitos da classe laboral, o SetraBH formulou o mesmo índice proposto pelas empresas do sistema metropolitano e que foi aprovada em assembleia de 9 (nove) sindicatos de trabalhadores do transporte público da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).
 
A notícia de rejeição da proposta por parte dos rodoviários da capital com a consequente retomada do movimento grevista a partir da meia-noite desta quinta-feira, dia 02 de dezembro de 2021, além de causar estranheza, sinaliza que a intenção desses trabalhadores é fazer uso da paralisação que muito prejudica toda a sociedade em detrimento de ganhos inviáveis e que jamais serão concedidos por parte das empresas.
 
Diante disso, o SetraBH protocolou, na tarde desta quarta-feira, petição direcionada ao Exmo Desembargador 1º vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho – TRT/MG requerendo a renovação da ordem judicial para determinar à categoria laboral a imediata e irrestrita manutenção de 100% (cem por cento) da frota em circulação sob pena de aplicação de multa.”

.

Com informações do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Belo Horizonte – STTRBH e Sindicato das Empresas de Transporte Público de Belo Horizonte – Setra