BA: PM reforça patrulhamento em Prado, após ônibus terem sido incendiados no assentamento do MST

BA: PM reforça patrulhamento em Prado, após ônibus terem sido incendiados no assentamento do MST

2 de novembro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

PRADO – Dois dias após ônibus serem incendiado durante um ataque ao assentamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST, localizado no município de Prado, no Sul da Bahia, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia – SSP-BA reforçou o policiamento na região. No último domingo (31), integrantes do MST foram feitos reféns.

BA: PM reforçará patrulhamento em Prado, após ônibus terem sido incendiados no assentamento do MST - revistadoonibus
Foto: Polícia Militar do Estado da Bahia – Divulgação

O reforço no patrulhamento foi determinado por Ricardo Mandarino, que é secretário de Segurança Pública da Bahia. Mandarino determinou ainda que a Polícia Civil faça uma investigação aprimorada e afirmou que testemunhas já foram ouvidas.

De acordo com a Rede Bahia, a assessoria da Polícia Civil informou que nenhum registro formal sobre o ataque havia sido feito na delegacia de Prado.

O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas. Testemunhas informaram nomes dos possíveis autores. 

BA: PM reforçará patrulhamento em Prado, após ônibus terem sido incendiados no assentamento do MST - revistadoonibus
Foto: Polícia Militar do Estado da Bahia – Divulgação

Segundo a coordenação do MST, os suspeitos chegaram ao local e perguntaram pelos líderes do movimento no momento em que acontecia uma assembleia, cujo tema da assembleia não foi detalhado.

Os integrantes do MST da região, informaram que carros e alguns ônibus acabaram sendo incendiados e que casas e demais veículos foram depredados. Ninguém ficou ferido.

Com informações da Rede Bahia e Secretaria de Segurança da Bahia