Últimas:
SP: Justiça determina o retorno da Praiamar ao transporte municipal de Caraguatatuba

CARAGUATATUBA – A crise no transporte municipal de Caraguatatuba, no litoral paulista parece estar longe do fim. A mudança na operação do transporte coletivo de passageiros, ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (20), quando o juiz Ayrton Vidolin Marques Júnior, da 1ª Vara Cível de Caraguatatuba, determinou a suspensão da contratação da Expresso Fênix, mantendo a empresa Praiamar Transportes na operação das linhas municipais. A decisão ainda cabe recurso.

SP: Justiça determina o retorno da Praiamar ao transporte municipal de Caraguatatuba - revistadoonibus

Prefeitura de Caraguatatuba, informou que publicou nesta terça-feira (19), o ato ratificatório para contratação da empresa Expresso Fênix, que assume o transporte coletivo de passageiros urbano e rural na cidade, provisoriamente, pelos próximos 12 meses. O valor da tarifa para os usuários continuará a mesma, sendo R$ 3,80 no dinheiro e R$ 3,60 no cartão comum.

De acordo com o governo municipal, a Expresso Fênix começaria a operar em Caraguatatuba a partir das 00h da terça-feira, dia 26 de outubro. A administração municipal já iniciou o processo de licitação para a concessão dos serviços de transporte publico coletivo urbano e rural em Caraguatatuba.

A Prefeitura de Caraguatatuba ainda não se manifestou sobre a decisão judicial, até a publicação desta reportagem.

Com informações do Tribunal de Justiça de São Paulo


%d blogueiros gostam disto: