Últimas:
Belo Horizonte: Secretário de Governo, Adalclever Lopes, deve prestar informações na quarta na CPI da BHTrans

BELO HORIZONTE – A Câmara Municipal de Belo Horizonte, informou que o secretário municipal de Governo, Adalclever Lopes, deverá prestar informações à Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da BHTrans, na qualidade de testemunha, na próxima quarta-feira (13), às 9h30, no Plenário Helvécio Arantes.

Belo Horizonte: Secretário de Governo, Adalclever Lopes, deve prestar informações na quarta na CPI da BHTrans - revistadoonibus
Foto: Clarissa Barçante – ALMG – Divulgação

Segundo os vereadores, a oitiva deverá elucidar questões relativas à possível tentativa de obstrução das investigações realizadas pela comissão. Já na quinta-feira (14), às 10h30, a CPI realizará visita técnica à NEX Tecnologia em Gestão da Informação – Nex TGI. A empresa é responsável pelo armazenamento de documentos públicos relativos ao processo licitatório e a contratos de concessão de serviço de transporte público de Belo Horizonte.

De acordo com o presidente da CPI, vereador Gabriel – sem partido, que foi o responsável por requerer a presença do secretário, algumas medidas da Prefeitura vêm causando estranheza. Segundo ele, um comitê criado para repactuar contratos com as empresas de ônibus e reformular as tarifas cobradas dos passageiros foi instituído com a CPI em pleno funcionamento.

Belo Horizonte: Secretário de Governo, Adalclever Lopes, deve prestar informações na quarta na CPI da BHTrans - revistadoonibus

O parlamentar informou que ainda assim, nenhum dos integrantes da comissão foi avisado sobre a suspensão do funcionamento do comitê, publicada no Diário Oficial do Município – DOM. O parlamentar também afirma que, conforme informações internas da PBH, a decisão teria sido uma forma de retaliação à continuidade dos trabalhos da CPI. Diante disso, a oitiva tem a finalidade de compreender a postura do Executivo em relação aos fatos citados. O vereador também informou que a Câmara Municipal já fez um pedido para que o Conselho de Ética do Município tome medidas cabíveis quanto ao caso.

Com informações da Câmara Municipal de Belo Horizonte

%d blogueiros gostam disto: