Últimas:
PR: Lotação nos ônibus de Londrina é alvo de reclamações e cobranças

LONDRINA – As constantes reclamações dos moradores sobre a lotação nos ônibus municipais de Londrina, fez com que os vereadores da Comissão Especial dos Transportes Públicos da Câmara Municipal de Londrina fizeram uma vistoria surpresa no terminal de transportes coletivos do Parque Ouro Verde, região Norte de Londrina. Foi a terceira rodada de fiscalizações realizada pelo grupo.

PR: Lotação nos ônibus de Londrina é alvo de reclamações e cobranças - revistadoonibus
Foto: Câmara Municipal de Londrina – Divulgação

O trabalho começou às 6h30 da manhã desta sexta-feira (8), com a participação dos parlamentares Mara Boca Aberta (Pros), Giovani Mattos (PSC) e Roberto Fú (PDT), respectivamente, presidente e membros da comissão. Também compõe o grupo Beto Cambará (Podemos) e Jessicão (PP).

A vereadora Mara Boca Aberta, relatou que, após reunião com representantes da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização – CMTU, responsável pela fiscalização do transporte coletivo, houve o compromisso de adequação do serviço para evitar superlotação. Contudo, segundo a vereadora, o problema não foi solucionado por completo. “O que a gente notou aqui, como em outros terminais, é a lotação. Nos horários de pico os ônibus continuam lotado. Em conversações com a CMTU, eles disseram que estão fazendo adequações esta semana para melhorar esse fluxo, que realmente está bem grande, até pela volta as aulas. Então, eles estariam colocando mais ônibus nas linhas, adequando os horários”, disse. 

PR: Lotação nos ônibus de Londrina é alvo de reclamações e cobranças - revistadoonibus
Foto: Câmara Municipal de Londrina – Divulgação

No local, os vereadores verificaram que não havia profissional para higienizar os ônibus, nem vigilante. Também foram informados por um funcionário do terminal que durante a madrugada duas torneiras de um bebedouro haviam sido furtadas. Em resposta ao Pedido de Informação nº 369/2021, de autoria da comissão especial, a CMTU informou que no Terminal Ouro Verde há um segurança, que atua de segunda a domingo, das 10h40 às 19 horas.

Fiscalizações anteriores

Com esta visita, a Comissão Especial dos Transportes Públicos vistoriou todos os terminais de transporte coletivo de Londrina. No dia 14 de setembro, por exemplo, os vereadores estiveram no Terminal Central, também às 6h30 da manhã, onde encontraram ônibus superlotados e deficiências na higienização dos coletivos. Já em 20 de agosto houve uma outra rodada de fiscalização, em terminais como o do Shopping Catuaí.  

De acordo com a vereadora Mara Boca Aberta, após as vistorias, as demandas dos usuários foram repassadas para a administração municipal, como o pedido por manutenção nos banheiros e em demais áreas do Terminal Catuaí. “Nós já estamos fazendo as cobranças, já estamos levando os problemas à CMTU. São alguns casos pontuais, algumas coisas que nós vemos que já dá para a CMTU se organizar, adequar e solucionar, como a limpeza e a manutenção dos terminais”, afirmou.

PR: Lotação nos ônibus de Londrina é alvo de reclamações e cobranças - revistadoonibus
Foto: Câmara Municipal de Londrina – Divulgação

Contratos

Além das visitas, os vereadores e técnicos da Câmara analisam os contratos de prestação de serviço do transporte público firmados entre as concessionárias e a CMTU. Recentemente, a comissão recebeu mais documentos relativos à concessão. Os parlamentares também aguardam resposta de Pedidos de Informação sobre as condições e o funcionamento do Terminal Catuaí (PI nº 398/2021) e sobre a idade da frota (PI nº 408/2021). 

A comissão

A Comissão Especial dos Transportes Públicos foi criada no dia 8 de junho deste ano e tem como objetivo analisar e fiscalizar o cumprimento dos contratos de prestação do serviço de transporte público em Londrina. De acordo com o Regimento Interno da Câmara de Londrina, as comissões especiais têm 180 dias contados da criação para apresentação do relatório final, prazo que se encerra em 5 de dezembro de 2021, podendo ser prorrogado por 90 dias, se necessário.

Com informações da Câmara Municipal de Londrina


%d blogueiros gostam disto: