Últimas:
Rodoviários de Palmas decretam greve por tempo indeterminado

PALMAS – Os moradores de Palmas amanheceram com poucos ônibus circulando na manhã desta segunda-feira (27), dia em que os rodoviários anunciaram uma paralisação por tempo indeterminado. As linhas municipais seguem sendo operadas por poucos coletivos e com isso, os passageiros reclamam da enorme demora no intervalo entre os coletivos. Na estação Apinajé, que fica localizada no Centro de Palmas, filas e muita aglomeração de passageiros foi registradas nas primeiras horas de hoje.

Rodoviários de Palmas decretam greve por tempo indeterminado - revistadoonibus
Foto: Reprodução de TV

De acordo com o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Operadores de Máquinas do Estado do Tocantins – Simtromet, ao menos 50% do efetivo segue trabalhando e que a greve será por tempo indeterminado.

A categoria segue reivindicando melhorias nas condições de trabalho e o fim da intrajornada, que é quando os motoristas saem de casa de madrugada, trabalham durante toda a manhã, têm um intervalo de cinco horas no período vespertino e voltam ao expediente à noite, no horário de pico. Os trabalhadores também reclamam de atraso no reajuste salarial. Segundo o grupo, o valor deveria ser repassado aos funcionários desde o ano passado.

Rodoviários de Palmas decretam greve por tempo indeterminado - revistadoonibus

O governo municipal informou que segue participando de reuniões com a categoria e que ainda na tarde desta segunda-feira (27), haverá uma nova audiência, na Justiça do Trabalho, onde estarão tratando sobre a paralisação dos rodoviários.

A Prefeitura informou que diversas equipes da Guarda Metropolitana de Palmas estão nas estações. Eles informaram que a movimentação atípica começou por volta de 4h.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros – Seturb ainda não se posicionou sobre a paralisação até o fim da manhã de hoje.

Os empresários do transporte municipal chegaram afirmar que o reajuste salarial dos trabalhadores dependia do aumento na tarifa. Em maio desde ano o Sindicato chegou a ser notificado pelo Procon por anunciar um aumento de 68% no valor da passagem. No mês seguinte a Justiça negou o pedido de empresa para aumentar valor da tarifa para R$ 6,91.

Rodoviários de Palmas decretam greve por tempo indeterminado - revistadoonibus

Prefeitura se manifesta

Diante da decisão do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Operadores de Máquinas do Estado do Tocantins (Simtromet) de manter a greve no transporte público a partir desta segunda-feira, 27, a Prefeitura de Palmas informa:

A Prefeitura de Palmas vem, desde a semana passada, participando e acompanhando as tratativas que envolvem o sindicato e as empresas de transporte público urbano;

Em audiência de conciliação realizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) no dia 23 de setembro, a Prefeitura reafirmou seu compromisso de fazer o repasse do subsídio tarifário em razão da manutenção do valor da tarifa, retroativo a junho de 2021;

As demais reivindicações trabalhistas da categoria são em face das empresas concessionárias, não cabendo à Prefeitura de Palmas interferir no contencioso;

Em relação ao cumprimento da prestação mínima do serviço, a Prefeitura informa que está notificando o Seturb e o Simtromet para que adotem as medidas necessárias à continuidade e manutenção dos serviços de transporte coletivo, sob pena de adoção das medidas administrativas e judiciais cabíveis;

Haverá uma audiência na tarde de hoje, na justiça do Trabalho, para tratar sobre a greve.

A Prefeitura solicitou apoio aos agentes da Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (ARP), à Guarda Metropolitana e aos agentes de Trânsito, que vão atuar junto aos terminais para garantir a prestação do serviço e a segurança dos passageiros.

Com informações da Prefeitura de Palmas e Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Operadores de Máquinas do Estado do Tocantins – Simtromet

%d blogueiros gostam disto: