Salvador: Ônibus voltam a circular na Barroquinha após protesto pela morte de  jovens

Salvador: Ônibus voltam a circular na Barroquinha após protesto pela morte de jovens

21 de setembro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

SALVADOR – A circulação dos ônibus no bairro da Barroquinha, no Centro da cidade de Salvador, voltou ser retomada na manhã desta terça-feira (21), após o serviço ter sido suspenso após um protesto de familiares de dois jovens que foram encontrados mortos na região. Segundo os familiares, os dois jovens foram abordados pela Polícia Militar em Salvador neste último domingo (19), e depois foram encontrados mortos.

Salvador: Ônibus voltam a circular na Barroquinha após protesto pela morte de jovens - revistadoonibus
Foto: Bruno Concha – Prefeitura de Salvador – Divulgação

A circulação dos ônibus na região acabou sendo suspensa na região nesta última segunda-feira (20), depois de uma tentativa de vandalismo em um dos ônibus que quase foi incendiado pelos moradores.

A Prefeitura de Salvador informou através da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana – Semob, que os ônibus seguiam apenas até o Aquidabã, pois os rodoviários disseram que só retornariam à Barroquinha quando houvesse segurança para que a operação fosse normalizada. O policiamento ostensivo foi reforçado na região.

Em meio ao clima tenso, os comerciante da Barroquinha acabaram fechando suas lojas mais cedo, por volta das 14h30, e foram reabertas normalmente nesta terça-feira (21).

Salvador: Ônibus voltam a circular na Barroquinha após protesto pela morte de jovens - revistadoonibus
Foto: Reprodução de TV

Os familiares dos jovens informaram que ambos foram abordados por policiais militares das Rondas Especiais – Rondesp, quando seguiam pela Ladeira da Preguiça. Os jovens estavam indo para a praia, quando foram abordados, afirmam os familiares.

As famílias contam que os rapazes foram confundidos com assaltantes de ônibus e levados para uma delegacia. Eles teriam sido liberados entre as 15h e 17h. No entanto, as famílias disseram que eles não foram mais vistos. Os dois só foram encontrados na manhã desta segunda, mortos, na região de Valéria.

Um dos jovens é o Jamilton Bispo da Silva, de 22 anos, e o outro é o Jorge Luís Silva Nascimento, de 23. As famílias acusam os policiais militares de terem matado os dois. Por isso, o grupo fez um protesto na Avenida J. J. Seabra, para pedir justiça.

Salvador: Ônibus voltam a circular na Barroquinha após protesto pela morte de jovens - revistadoonibus
Foto: Divulgação

A Polícia Militar da Bahia informou através de nota que policiais militares da Operação Gêmeos realizavam rondas no na região do Comércio quando abordaram os dois rapazes e levaram para o Grupamento Especial de Repressão a Roubos em Coletivos – Gerrc. De acordo com o órgão, um deles foi reconhecido pelo cobrador do ônibus como autor do roubo.

Ainda segundo a corporação, os manifestantes foram levados para a Central de Flagrantes depois de atirarem pedras em um ônibus que passava no local. O protesto foi finalizado e reiniciado por volta das 11h, no entanto a situação foi controlada. O policiamento está reforçado no local.

Com informações da Prefeitura de Salvador, Polícia Militar do Estado da Bahia e Rede Bahia