Últimas:
Rio: Ônibus do BRT voltam operar após guerra entre milicianos incendiar vans em Campo Grande

RIO – Os moradores do bairro de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro amanhecerem com a região em guerra, após um racha na maior milícia do estado fluminense. Uma intensa troca de tiros e oito vans foram incendiadas, resultando ainda na morte de três pessoas. A Estrada do Campinho, uma das principais da região, acabou sendo fechada por conta da guerra entre os grupos de milicianos.

Rio: Ônibus do BRt voltam operar após guerra entre miliciados incendiar vans em Campo Grande - revistadoonibus

Com o anúncio da guerra deflagrada na região, as empresas de ônibus que circulam ou possuem rotas noas bairros de Campinho, Campo Grande, Paciência, Sepetiba e Santa Cruz, acabaram suspendendo suas operações por medida de segurança, já que havia um intenso confronto e alto risco de ônibus serem incendiados com passageiros.

O Consórcio BRT Rio, informou às 14h que as linhas do corredor Transoeste BRT LECD 33 – Campo Grande x Santa Cruz e 14 – Campo Grande x Salvador Allende, que circulam na Avenida Cesário de Melo, tinham sido suspensas devido aos incidentes na região. Segundo o consórcio, o serviço só foi normalizado três horas depois, às 17h.

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, informou que o policiamento na região de Campo Grande e Santa Cruz foi reforçado com equipes dos batalhões de Rocha Miranda, Campo Grande, Bangu, Santa Cruz, Recreio dos Bandeirantes e Irajá.

Ainda segundo a corporação, a região vem sofrendo reflexos de disputas territoriais entre facções criminosas. O reforço tem como objetivo garantir o retorno do transporte público com segurança na região.

Com informações da Band News FM e Redes Sociais

%d blogueiros gostam disto: