Últimas:
Rio: Consórcio Santa Cruz entra em recuperação judicial

RIO – A crise no transporte municipal de passageiros do Rio de Janeiro parece só aumentar. Depois que o Consórcio Intersul anunciar que entrou em recuperação judicial, nesta semana é a vez do Consórcio Santa Cruz também entrar em recuperação judicial. O pedido foi deferido na tarde desta última quarta-feira (14), pela 1ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro – TJRJ.

Rio: Consórcio Santa Cruz entra em recuperação judicial - revistadoonibus

De acordo com empresários que compõe o Consórcio Santa Cruz, as empresas que operam linhas desse consórcio representam 19% do número de passageiros que são transportados na cidade do Rio de Janeiro e que devido o transporte clandestino feito por vans na Zona Oeste aumentou a crise das empresas de ônibus.

O Consórcio Santa Cruz já contabiliza cinco empresas fechadas em decorrência da crise financeira, sendo elas Andorinha, Top Rio, Algarve, Rio Rotas e Bangu e, das seis companhias que se mantêm em operação, a metade já está em regime de Recuperação Judicial, Campo Grande, Pégaso e Palmares. Desde março de 2020, as empresas de ônibus cariocas acumulam déficit financeiro de R$1,9 bilhão e já foram fechadas 16 empresas, além da demissão de 21 mil profissionais rodoviários.

Rio: Consórcio Santa Cruz entra em recuperação judicial - revistadoonibus

Com informações do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

%d blogueiros gostam disto: