Últimas:
Rio: Gabinetes de desembargadores do TJRJ são fiscalizados por suposto esquema de corrupção ligado as empresas de ônibus

RIO – A corrupção do transporte municipal e intermunicipal do Rio de Janeiro, ligada a Fetranspor, ganhou um novo cenário, após a corregedoria do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, determina uma fiscalização extraordinária em gabinetes de ao menos sete desembargadores e de uma juíza, que são lotados no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro – TJRJ, por suspeita de envolvimento de corrupção junto aos empresários do transporte.

Rio: Gabinetes de desembargadores do TJRJ são fiscalizados por suposto esquema de corrupção ligado as empresas de ônibus - revistadoonibus
Imagem da Operação da Polícia Federal na sede da Fetranspor há alguns anos

De acordo com o Conselho Nacional de Justiça, há indícios de envolvimento de membros do Tribunal de Justiça em uma suposta venda de causas judiciais que favoreceram diversos empresários do transporte municipal e intermunicipal, como já havia noticiado a Revista Veja e o Jornal Extra.

A delação premiada, de José Carlos Lavouras, que foi ex-presidente da Fetranspor, que é a Federação de Transportes do Rio de Janeiro, onde reúne diversos sindicatos das empresas de ônibus de todo o estado fluminense, mostra que as empresas de ônibus ligadas a entidade, poderia ter se beneficiado de algumas decisões.

Rio: Gabinetes de desembargadores do TJRJ são fiscalizados por suposto esquema de corrupção ligado as empresas de ônibus - revistadoonibus

A fiscalização extraordinária foi determinada na segunda (23) e terça-feira (24), entre 9h e 19h. Os prazos processuais, por conta disso, ficam suspensos. Durante esse período, pelo menos um servidor com conhecimento para prestar informações deve estar presente.

A fiscalização pode ocorrer ainda em outros setores ligados aos gabinetes dos magistrados, como o setor de distribuição e as secretarias das turmas. A decisão é assinada pela ministra Maria Thereza de Assis Moura.

Com informações do Conselho Nacional de Justiça e da TV Globo

Confira outras notícias sobre a Fetranspor

%d blogueiros gostam disto: