Últimas:
Porto Alegre: Manifestantes não querem a retirada de cobradores dos ônibus

PORTO ALEGRE – Um grupo pequeno de rodoviários iniciaram na manhã desta quinta-feira (19), um protesto pela manutenção dos cobradores do transporte públicos de Porto Alegre. Nesta mesma data, a Câmara Municipal de Porto Alegre discutirá o tema em uma audiência pública.

Porto Alegre: Manifestantes não querem a retirada de cobradores dos ônibus - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Redes Sociais

O pequeno grupo de manifestantes caminhavam pela Avenida Mauá em direção a prefeitura de Porto Alegre, onde esperam ter uma reunião com o prefeito Sebastião Melo. O ato foi organizado para barrar o projeto de lei 016/21, que tem o objetivo de extinguir a função do cobrador. A proposta consta entre as medidas da administração de Melo para mudar o sistema do transporte público.

O projeto de lei 16/21 propõe um programa de extinção gradativa da função de cobrador a fim de atenuar os efeitos da crise econômica no setor. Define a oferta de cursos de qualificação para todos os cobradores e avaliação, pelas empresas, do aproveitamento em outras funções.

Porto Alegre: Manifestantes não querem a retirada de cobradores dos ônibus - revistadoonibus

De acordo com Sandro Abbáde, que é presidente do Stetpoa, se os projetos não forem retirados, a categoria irá promover greve geral nos transportes rodoviários.

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo – MDB, ao comentar as polêmicas que marcam os projetos do pacote do transporte coletivo, que está em tramitação na Câmara, reconheceu que todas as alternativas para fazer frente a crise no setor são difíceis. “As propostas são amargas. Todas elas. Mas atitudes precisam ser tomadas. O sistema do transporte faliu”, disse, em entrevista ao programa ‘Esfera Pública’, da Rádio Guaíba nessa terça-feira.

Com informações do Correio do Povo e Rádio Guaíba

%d blogueiros gostam disto: