Últimas:
SP: Funcionários da Prudente Urbano fazem paralisação total nesta quinta-feira

PRESIDENTE PRUDENTE – Os funcionários da empresa de ônibus Prudente Urbano, que é responsável pelo transporte municipal de Presidente Prudente, realizam desde o início da manhã desta quinta-feira (22), uma paralisação total do serviço de transporte na cidade. De acordo com a TV Fronteira, nenhum ônibus circula na cidade nesta manhã. A paralisação do transporte na cidade chega ao 37º dia na data de hoje.

SP: Funcionários da Presidente Urbano fazem paralisação total nesta quinta-feira - revistadoonibus

De acordo com Wagner Schiavão, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Terrestre de Presidente Prudente e Região – Sintrattepp, além dos atrasos nos salários referentes ao mês, o vale-alimentação de R$ 500 deste mês e R$ 300 que faltaram do mês passado não foram pagos. Nenhum funcionário recebeu também o vale pago todo dia 20.

“Infelizmente a situação está insustentável. Referente ao ticket do mês passado foram pagos somente R$ 200, já venceu outro de R$ 500. Os motoristas estão com os salários atrasados, férias. Então, está insustentável. Enquanto não resolver isso, não pagarem, nenhum ônibus vai sair da garagem”, afirmou.

“A decisão foi tomada em assembleia na noite de ontem [quarta-feira, 21]”, falou.

SP: Funcionários da Presidente Urbano fazem paralisação total nesta quinta-feira - revistadoonibus

A crise no transporte municipal de Presidente Prudente segue sem uma solução. A falta de pagamento, paralisações constantes vem deixando os moradores da cidade apreensivos devido aos problemas no transporte.

O sindicalista afirmou que os rodoviários passaram cumprir as determinações feitas pela Justiça, ao disponibilizarem 29 ônibus circulando na cidade. Porém, Schiavão pontuou que falta ação por parte da empresa e do poder público. “A Justiça já soltou a liminar determinando os 29 carros, nós cumprimos a decisão, mas infelizmente a empresa não fez nada, a Prefeitura não fez nada, todo mundo enrolando. Se não pagarem os funcionários, não vai ter ônibus. Tem que ter salário na conta e comida na mesa”, afirmou.

De acordo com o presidente do Sintrattepp, muitos trabalhadores passam por dificuldades com os salários atrasados. “O pessoal está com aluguel atrasado, luz atrasada. O pessoal trabalhando já com o psicológico muito abalado”, frisou.

SP: Funcionários da Presidente Urbano fazem paralisação total nesta quinta-feira - revistadoonibus

Empresa de ônibus e Prefeitura de manifestam

A Prefeitura de Presidente Prudente informou através do secretário de mobilidade urbana de Presidente Prudente, Luiz Edson de Souza, que, “ao que tudo indica, mais uma vez, a empresa descumpriu, num primeiro momento, o estabelecido em contrato”, e depois a determinação da Justiça do Trabalho.

“Só estamos tomando conhecimento da paralisação pelas redes sociais e mídia, e, nada de oficial havia no sido informado até ao término do expediente de ontem. Por outro lado trata-se uma paralisação ilegal, pois, como é de conhecimento, por se tratar de um serviço essencial, não pode ocorrer a paralisação em 100% do serviço. Também há determinação do MP para que a empresa pague o devido aos seus funcionários até o dia 5 [quinto dia útil], o que também não foi feito. Diante das circunstâncias, haverá uma reunião convocada em caráter de urgência, pelo nosso prefeito Ed Thomas [PSB], e as medidas para continuidade do serviço serão tomadas”, explicou.

No início da tarde, a Prefeitura de Presidente Prudente emitiu a nota que pode ser lida abaixo.

“A Prefeitura de Presidente Prudente informa que foi novamente surpreendida por uma paralisação ilegal do transporte, uma vez que não houve comunicação prévia nem respeitou-se o mínimo de veículos em circulação. Uma reunião de emergência foi convocada pelo prefeito Ed Thomas para a manhã desta desta quinta-feira, onde estão sendo definidas novas medidas contra a concessionária de transporte coletivo, diante do flagrante desrespeito às normas contratuais, aos funcionários e aos usuários do serviço, as quais devem ser divulgadas na tarde de hoje”.

Presidente Prudente: Greve do transporte chega ao 14º dia - revistadoonibus

A Prudente Urbano emite nota, que pode ser lida na íntegra abaixo.

“Por inúmeras vezes esta concessionária se antecipou aos problemas, agravados pela pandemia, oriundos do desequilíbrio contratual e buscou informar o Poder Concedente. Porém, nos resta lamentar, por mais uma vez, os transtornos causados à população e aos nossos trabalhadores com o descaso que o transporte público municipal vem sendo tratado pelo Poder Público”.

Com informações da Prefeitura de Presidente Prudente, Tv Fronteira, Prudente Urbano e Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Terrestre de Presidente Prudente e Região – Sintrattepp

%d blogueiros gostam disto: