Últimas:
Vídeo: Motorista de empresa concorrente depreda ônibus em Campos dos Goytacazes

CAMPOS DOS GOYTACAZES – Um motorista de ônibus da empesa São Salvador foi flagrado na manhã desta quinta-feira (15), por um passageiro e cliente da empresa Turisguá, depredando o coletivo da empresa concorrente. A ação ocorreu no bairro da Penha, no município de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense e chamou a atenção de passageiros, moradores e viralizou na internet.

Vídeo: Motorista de empresa concorrente depreda ônibus em Campos dos Goytacazes - revistadoonibus

Ambas as empresas de ônibus pertencem ao Consórcio União, porém, estaria disputando linhas e território nos bairros de atuação. De acordo com Rosamry Reis, que é proprietária da empresa Turisguá e responsável pelo Consórcio União, um desentendimento com os donos da empresa São Salvador vem gerando problemas no transporte, já que depois do fim do terminal de integração de vans e ônibus na Avenida 28 de Março no início deste ano, pela gestão Wladimir Garotinho, muitos ônibus deixaram de circular.

“Esta foi a segunda vez que funcionários da São Salvador danificam um carro da Turisguá. Estou fazendo um segundo boletim de ocorrência nesta quinta-feira. Essa ação do motorista quebrando os retrovisores aconteceu ppor volta de 6h30, no bairro da Penha. O ônibus foi recolhido para a garagem. Há uma disputa por linha de cobertura. Não temos conseguido trabalhar. Precisamos de fiscalização e um posicionamento da Prefeitura”, disse.

Ainda segundo a empresária e dona da empresa Turisguá, com as mudanças determinadas pela prefeitura, as vans e os ônibus passaram disputar a preferência dos passageiros na cidade.

Vídeo: Motorista de empresa concorrente depreda ônibus em Campos dos Goytacazes - revistadoonibus

O dono da empresa São Salvador, Fued Abdu Neme, negou que ocorreu uma reunião com representantes do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes – IMTT, ligado ao governo municipal e as empresas que operam na cidade.

A Prefeitura de Campos informou através de nota do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes – IMTT que “trata-se de uma disputa interna do Consórcio União e não cabe ao Instituto falar sobre isso, mas quando a prestação do serviço à população for prejudicada, o órgão vai intervir. O IMTT já acompanhou duas reuniões com representantes das empresas que compõem o consórcio e esteve, ainda hoje, notificando o consórcio pela paralisação dessas ações predatórias, com possível suspensão dos serviços e colocar outra empresa para operar. A pasta notificou, também, pela suspensão da atividade do motorista que quebrou o retrovisor de um dos ônibus da empresa São Salvador”, conclui.

Com informações da Prefeitura de Campos dos Goytacazes e Consórcio União

%d blogueiros gostam disto: