Últimas:
RJ: Transportadora Tinguá entra em recuperação judicial

NOVA IGUAÇU – A Transportadora Tinguá, também conhecida como Viação Tinguá por seus clientes e que possui sede no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense e que vem operando linhas intermunicipais, ligando os bairros de Nova Iguaçu e de Queimados até a Barra da Tijuca e ao centro do município do Rio de Janeiro, entra em recuperação judicial.

RJ: Transportadora Tinguá entra em recuperação judicial  - revistadoonibus

Com um histórico grande de ônibus incendiados e problemas mecânicos relatados por seus clientes nos últimos anos, a Transportadora Tinguá ainda enfrente a baixa procura por clientes transportados, devido a pandemia da Covid-19, que acabou reduzindo muito o número de passageiros transportados.

O anúncio de recuperação judicial vem deixando muitos funcionários apreensivos e com medo de demissões.

No processo de recuperação judicial, a direção da Transportadora Tinguá, empresa que possui 19 rotas intermunicipais, afirma que até meados do ano de 2018 vinha crescendo, quando o mercado acabou sendo prejudicado pelo transporte clandestino chefiado em grande parte pela milícia e pelo crime organizado.

RJ: Transportadora Tinguá entra em recuperação judicial - revistadoonibus

A empresa ainda disponibiliza em sua frota os ônibus conhecidos como frescão, do modelo Marcopolo Viaggio G7 900, equipados com chassi Volks 17-230 OD, que operam nas principais linhas intermunicipais que ligam o centro do Rio de Janeiro até os bairros de Miguel Couto e Vila de Cava, na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Atualmente a empresa segue operando com restrições de horários em suas linhas, o que vem deixando os ônibus mais cheios em horários de maior movimento, devido o maior intervalo entre os coletivos.

RJ: Transportadora Tinguá entra em recuperação judicial - revistadoonibus


Confira outras notícias sobre a Transportadora Tinguá

%d blogueiros gostam disto: