Últimas:
SP: ANTT apreende ônibus da Buser nesta noite na Rodovia Anhanguera em Limeira

LIMEIRA – Um ônibus rodoviário modelo Marcopolo Paradiso G7 1800 DD Scania 8×2 que estava a serviço da Buser fazendo a linha São Paulo x Brasília, acabou sendo apreendido na noite desta quarta-feira (9), poe agentes da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, na altura do km 152 da Rodovia Anhanguera, em Limeira no interior do estado de São Paulo, como mostrou a EPTV em seu telejornal local.

SP: ANTT apreende ônibus da Buser nesta noite na Rodovia Anhanguera em Limeira - revistadoonibus

Os agentes da ANTT abordarem o coletivo que não tinha autorização para a realização do transporte de passageiros, como informou a agência. O ônibus acabou sendo encaminhado para a Rodoviária do município de Araras, também no interior de São Paulo.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, informou que o ônibus transportava 20 passageiros e que todos serão encaminhados para uma empresa que opera o trecho até Brasília, para que possam seguir viagem até seu destino final.

SP: ANTT apreende ônibus da Buser nesta noite na Rodovia Anhanguera em Limeira  - revistadoonibus
Foto: Reprodução de TV

Esta foi a segundo apreensão da ANTT nesta data. No período da manhã um ônibus que transportava 30 passageiros que seguiam para o Maranhão, também sem autorização acabou sendo apreendido.

O coletivo foi abordado pelos agentes no bairro Botafogo, no município de Campinas. Os fiscais da ANTT constataram que o veículo estava com pneus carecas, vidro trincado, extintor vencido e bagagens nos bancos. Os motoristas não tinham cadastro na agência. A empresa recebeu sete autuações e o coletivo, que carregava até uma motocicleta, foi apreendido.

SP: ANTT apreende ônibus da Buser nesta noite na Rodovia Anhanguera em Limeira  - revistadoonibus

Buser se manifesta

A Buser, maior plataforma brasileira de intermediação de viagens de ônibus, repudia a perseguição injustificada praticada pelos fiscais da ANTT.

Diferentemente do que afirma o caso noticiado pela Revista do Ônibus, o veículo apreendido tinha todas as licenças necessárias para fazer o trajeto em questão – assim como toda a frota que utiliza a Buser, plataforma que está democratizando o setor de transporte rodoviário por meio da inovação. Lembramos ainda que tanto a startup quanto suas parceiras de fretamento recolhem todos os impostos, gerando importante receita para os cofres públicos e benefícios aos usuários. 

Infelizmente, a regulação não vem na mesma velocidade que as inovações. E as agências misturam, nesse vácuo jurídico, empresas legalizadas com as clandestinas. É a mesma história vista num passado recente com a Uber e a 99 – que hoje compartilham as ruas com os táxis, seus antigos desafetos.

A Buser reforça que seu modelo de negócio é legal, justo e necessário para a moderna cadeia da mobilidade urbana, por isso continuará trabalhando para oferecer viagens de qualidade e com segurança a preço justo e para que haja a modernização da legislação – como recentemente ocorreu em Minas Gerais, que liberou o mercado para a atuação da Buser e dos fretadores. 

Com informações da Buser Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT e EPTV

%d blogueiros gostam disto: