Últimas:
Manaus segue sem ônibus neste domingo após ação de bandidos que incendiaram carros, ônibus e até ambulância do SAMU

MANAUS – A onda de violência que aterrorizou a cidade de Manaus durante a madrugada e início da manhã deste domingo (6), onde traficantes de uma facção criminosa atearam fogo em pelo menos 17 veículos, sendo 7 ônibus e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, segue deixando a capital sem transporte coletivo, já que todos os ônibus foram recolhidos ainda pela manhã.

Manaus segue sem ônibus neste domingo após ação de bandidos que incendiaram carros, ônibus e até ambulância do SAMU - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Grupos de Whatsapp

A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, que atendia centenas de moradores, ficou completamente destruída, como alguns micro-ônibus e ônibus convencionais que atendem aos diversos bairros da cidade.

Ainda pela manhã, a Secretaria de Segurança Pública – SSP-AM, informou que a ordem para os atentados partiu de dentro de um presídio, motivada pela morte de um traficante identificado como Erick Batista da Costa, também conhecido como Dadinho, durante uma operação com policiais da Rondas Ostensivas Cândido Mariano – Rocam, no bairro Novo Aleixo, na tarde deste último sábado (5).

Vídeo: Reprodução de Grupos de Whatsapp

A situação na cidade no fim da manhã deste domingo (6), é de aparente controle pela Polícia Militar. O secretário da SSP, Coronel Louismar Bonates, informou quem um gabinete de crise foi montado com equipes da Polícia Militar e Polícia Civil por conta da situação.

Não há informações sobre feridos. Até o momento, ninguém foi preso por conta dos atentados.

Vídeo: Traficantes incendiam ao menos 7 ônibus em Manaus neste domingo - revistadoonibus
Foto: Reprodução de Grupos de Whatsapp

Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas – Sinetram, emitiu nota repudiando os ataques ao transporte coletivo, em que ao menos sete ônibus foram incendiados.

Nota Sinetram

Sinetram repudia os atos de vandalismo ocorridos nas primeiras horas deste domingo (06), em que 7 ônibus do transporte coletivo foram incendiados dentre outros atos violentos.

A violência das ações, aparentemente de caráter terrorista, causou pânico nos operadores do serviço, pois há relatos de grupos encapuzados e armados praticando tais atos, sendo que, por isso, toda a frota foi recolhida.

Atos dessa natureza, além de serem crimes de dano e ilícitos civis, visam disseminar o medo e inviabilizam o serviço essencial.

Diante desse cenário, os maiores prejudicados são o usuário do transporte coletivo e os trabalhadores do sistema de transporte cujas vidas estão em risco.

Por fim, pedimos às autoridades públicas competentes imediatas e urgentes providências para a identificação dos criminosos e para a cessação da onda de violência a fim de que seja viabilizada a normalização do serviço essencial de transporte coletivo.

Ônibus passaram ser recolhidos por medida de segurança

Vídeo: Reprodução de Grupos de Whatsapp
Vídeo: Reprodução de Grupos de Whatsapp
Vídeo: Reprodução de Grupos de Whatsapp
Vídeo: Reprodução de Grupos de Whatsapp
Vídeo: Reprodução de Grupos de Whatsapp

Com informações da Band News TV, Rede Amazônica e Redes Sociais

%d blogueiros gostam disto: