Últimas:
Salvador: Ex-funcionários da Falcão Real fazem protesto na região da rodoviária

SALVADOR – Diversos funcionários que foram demitidos da empresa Falcão Real, que opera linhas intermunicipais, realizaram na manhã desta terça-feira (1º), um protesto, na região da rodoviária de Salvador. De acordo com a Rede Bahia, os manifestantes cobram da empresa os salários atrasados bem como os direitos trabalhistas.

Salvador: Ex-funcionários da Falcão Real fazem protesto na região da rodoviária - revistadoonibus
Foto: Reprodução de TV

Os ex-funcionários informaram que estão há pelo menos três meses sem receber salários e benefícios, como o tíquete alimentação e a rescisão contratual e que a empresa está sem assinar a carteira de vários colaboradores.

Nesta manhã, os manifestaram chegaram bloqueara a saída doe ônibus da Rodoviária de Salvador, para chama a atenção, porém, passaram a liberar a passagens dos coletivos e seguiram para a sede a Falcão Real, que fica nas imediações da Rodoviária.

Salvador: Ex-funcionários da Falcão Real fazem protesto na região da rodoviária - revistadoonibus

Crise na Falcão Real

No início deste ano, um incêndio de grandes proporções, acabou atingindo a garagem da empresa que teve ao menos 12 ônibus totalmente destruídos. Apesar do incidente, não houve ferido.

Ainda no mês de janeiro, os funcionários da Falcão real realizaram um protesto contra o não pagamento dos salários e demais direitos trabalhistas. Na época, os funcionários, afirmaram que a direção da empresa não pagava os salários em dia desde o mês de março de 2020 e que demais benefícios acabaram sendo suspenso ou cancelados.

Salvador: Ex-funcionários da Falcão Real fazem protesto na região da rodoviária - revistadoonibus

Em meio a maior crise financeira que a empresa de ônibus atravessa, em 2020, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia – Agerba, chegou proibir a Falcão Real de atuar no estado em dezembro de 2020, através de uma decisão judicial.

De acordo com a Agerba, a Falcão Real, passou oferecer um péssimo serviços aos clientes e por esse motivo, acabou sendo impedida de operar linhas intermunicipais no estado.

Salvador: Ex-funcionários da Falcão Real fazem protesto na região da rodoviária - revistadoonibus

Segundo a Agerba, antes de ter atuação suspensa, a empresa foi acionada para que fizesse adequações no serviço. Como os ajustes não foram feitos, a Falcão foi proibida de circular.

A Falcão Real ainda não se manifestou sobre os problemas mencionados na reportagem, até a publicação deste texto.

Com informações da Band News FM e Rede Bahia

Confira mais notícias sobre a empresa Falcão Real

%d blogueiros gostam disto: