Últimas:
MS: Dourados entrará em lockdown a partir de domingo por 14 dias

DOURADOS – A Prefeitura de Dourados, no interior do estado do Mato Grosso do Sul, informou que a cidade entrará em lockdown a partir de domingo (30) para frear a disseminação da Covid-19. A medida é considerada a mais severa no enfrentamento a pandemia, porém se faz altamente necessária diante do quadro de quase 200 novos casos da doença por dia e de uma média de 50 pessoas na fila de espera por uma vaga de UTI Covid.

MS: Dourados entrará em lockdown a partir de domingo por 14 dias - revistadoonibus

A administração municipal afirmou ainda que segundo o último boletim do Programa Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia de Mato Grosso do Sul), Dourados foi classificado na Bandeira Cinza, considerado o grau extremo de contaminação.

“Estamos vivendo um momento importante, porém difícil. Enfrentando um inimigo que é o vírus da Covid-19 e lamentando o cenário que não é só em Dourados, mas do Brasil. E se nenhuma medida efetiva for tomada no nosso município podemos perder o controle da situação. Estamos com uma média de 40 a 50 pessoas na fila da UTI diariamente. Esse é um momento de união. Estamos trabalhando, fazendo tudo o que está ao nosso alcance e precisamos passar por esse momento juntos. Entendemos que é um momento que a sociedade precisa se unir para juntos oferecermos condições para que o serviço de saúde continue atendendo”, pondera o Prefeito Alan Guedes.

O Secretário Municipal de Saúde, Edvan Marcelo Morais Marques, ressalta que o número de pessoas contaminadas vem crescendo dia a dia. “Já aumentamos a capacidade máxima de atendimento, abrimos o PAM (Posto de Assistência Médica) nos fins de semana para atender mais pacientes, estamos avançando com a vacinação, no entanto, o número de pessoas contaminadas é muito alto”.

A diretora técnica da Funsaud (Fundação dos Serviços de Saúde de Dourados), Ângela Marin, afirma que a Unidade de Pronto Atendimento – UPA está totalmente voltada para o atendimento do paciente com covid. “Hoje tenho 25 pessoas internadas na UPA e 12 solicitações para UTI. A UPA não foi prevista para esses atendimentos”.

MS: Dourados entrará em lockdown a partir de domingo por 14 dias - revistadoonibus

Pior momento da pandemia na cidade

O médico infectologista, David Caravelas, fala do ponto de vista técnico e confirma que é preciso medidas de restrição para tentar diminuir a contaminação. “Desde o dia 18 de maio estamos vivendo o pior momento pandêmico e é preciso alertar o gestor municipal para que baseado no respaldo técnico, ele possa tomar as medidas emergências de forma consciente e programada”, destaca o médico referindo-se aos dados sobre a situação da saúde em Dourados.

Já a Dra Rosalina Cruz, representante do Ministério Público Estadual acredita que neste momento, infelizmente, as medidas precisam ser duras e para todos. “A postura e as medidas adotadas pelo prefeito se tiverem o respaldo jurídico, ao MPE caberá fiscalizar. Alguns setores serão mais afetados, mas não vejo outro caminho”.

MS: Dourados entrará em lockdown a partir de domingo por 14 dias - revistadoonibus

Entenda o que pode e o que não pode na cidade durante o Lockdown

Fica proibida a circulação de pessoas nas vias públicas durante todo o dia. As pessoas só podem sair de casa para ir a supermercados, açougues e padarias, farmácias, hospitais e postos de gasolina, mas é preciso seguir algumas restrições.  Também fica proibida a venda de bebidas alcoólicas.

Estes estabelecimentos podem abrir, mas devem atender apenas com 50% da capacidade. Será permitida a entrada de apenas uma pessoa por família, salvo em casos de famílias monoparentais e pessoas que precisem de acompanhante devido a condições físicas e psicológicas.

Os supermercados, açougues e padarias podem funcionar de segunda à sábado até às 18h. No domingo, será permitido funcionar até às 14h. As distribuidoras de água e gás podem funcionar de segunda à sábado até às 18h. Postos de gasolina e farmácia podem funcionar 24h dia.

Os serviços de saúde que atendem urgência, emergência e alto risco vão continuar funcionando normalmente. Atendimentos eletivos ficam suspensos. Serviços de transporte de passageiros e ônibus poderão funcionar para pessoas que precisarem dos serviços com 50% de capacidade de pessoas sentadas. Todas as regras do decreto serão publicadas até o final do desta sexta-feira (28).

Com informações da Prefeitura de Dourados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: