Últimas:
ES: Morre Camilo Cola o fundador da Viação Itapemirim. Estado decreta luto de três dias

CACHOEIRO E ITAPEMIRIM E VITÓRIA – O ex-deputado federal e empresário Camilo Cola, fundador da Viação Itapemirim, morreu na noite deste sábado (29), no município de Cachoeiro de Itapemirim, na região sul do Espírito Santo, aos 97 anos de causas naturais.

Camilo além de empresário do transporte, exerceu o cargo de deputado federal pelo Espírito Santo entre os anos de 2007 e 2015. Muito antes disso, quando era mais novo, ainda chegou a lutar na Segunda Guerra Mundial e foi homenageado pelo ato de bravura.

Filho de imigrantes italianos, Camilo nasceu em Conceição do Castelo, na região Serrana do Espírito Santo. Aos 18 anos se alistou ao Exército e integrou o pelotão de combatentes que lutou na 2ª Guerra Mundial. Ao retornar ao Brasil, Camilo conseguiu um empréstimo para comprar seu primeiro caminhão dando início a Viação Itapemirim, criada oficialmente em 1953.

Na manhã deste domingo (30), o presidente Jair Bolsonaro destacou a participação de Cola na guerra e lamentou a morte.

Em 2020, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, o homenageou com a Medalha de Mérito Mauá. A comenda simboliza o reconhecimento das personalidades por sua contribuição ao desenvolvimento e progresso do setor de infraestrutura e do país.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), decretou luto oficial por três dias.

Grupo Itapemirim lamenta a morte de Camilo Cola

Depois de ser administrada por mais de 60 anos pela família Cola, a Viação Itapemirim acabou sendo vendida para outro grupo empresarial em 2017, e atualmente tenta sair de uma recuperação judicial conturbada, já que o China Construction Bank Brasil, está pedindo ao juiz da recuperação judicial da Viação Itapemirim que destitua o empresário Sidnei Piva da administração da empresa.

Através de suas redes sociais, o Grupo Itapemirim, lamentou a morte de seu fundador, como podemos ver abaixo.

Com informações da TV Gazeta e Redes Sociais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: