Últimas:
Aracaju:  Setransp afirma que vai recorrer de decisão judicial que limita passageiros em ônibus

ARACAJU – A ação ajuizadas pelo Ministério Público Federal de Sergipe – MPF/SE e pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe – MPT/SE, que visa reduzir a contaminação pelo novo coronavírus no transporte coletivo, que acabou limitando o número de passageiros que podem ser transportados nos ônibus em Aracaju e Região Metropolitana, e que ainda exige o fornecimento de máscaras PFF2 ou N95 para os funcionários das empresas de ônibus como motoristas, cobrados e fiscais, será contestada. A informação é do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros – Setransp, que informou nesta sexta-feira (14) que vai recorrer da determinação judicial.

Aracaju:  Setransp afirma que vai recorrer de decisão judicial que limita passageiros em ônibus - revistadoonibus
Foto: Anderson Barbosa – TV Sergipe – Reprodução de TV

Além do Setransp, o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários – Sinttra seguiu o mesmo posicionamento, contra a limitação de passageiros nos terminais de integração e paradas de ônibus, já que com isso, passaria expor os funcionários das empresas de ônibus ao “risco de confronto com os passageiros”.

Em relação as máscaras de proteção, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros – Setransp, afirmou que seriam 120 mil unidades por mês, o que acarretaria um investimento de cerca de R$ 4,1 milhões até o fim do ano. “Neste caso, além da dificuldade que há para entrega de tal volume, essa aquisição pode gerar o risco de desabastecimento do serviço de saúde que de forma indispensável necessita desse EPI”.

Aracaju: Setransp afirma que vai recorrer de decisão judicial que limita passageiros em ônibus - revistadoonibus

Ainda segundo o Setransp, em média 0,5% dos quase dois mil funcionários tiveram registro de contaminação entre março de 2020 até março deste ano. A entidade afirmou ainda que os funcionários do transporte coletivo recebem álcool em gel, máscaras de proteção de pano.

A entidade sindical, informou também que segue buscando orientação com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito e a Prefeitura de Aracaju quanto ao cumprimento da decisão.

Com informações do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros – Setransp

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: